15.2 C
Guimarães
Sábado, Julho 13, 2024

Estado da Nação: “Os portugueses estão melhor” e “o país está a melhorar”

Economia

«Os portugueses estão melhor» e «o país está a melhorar», sublinhou o Primeiro-Ministro António Costa no discurso de abertura do debate sobre o estado da Nação, na Assembleia da República.

Os portugueses estão melhor porque «pagam hoje menos 2 000 milhões de euros de IRS», «60 000 crianças já tiveram este ano acesso a creche gratuita»; «a diferença salarial entre homens e mulheres diminuiu um quarto»; «660 000 pessoas libertaram-se da situação de pobreza ou exclusão social»; «nunca houve tantos portugueses empregados»; «os aumentos salariais vão além do negociado em Concertação Social»; «as prestações sociais e pensões subiram acima da inflação»; «a inflação já está a baixar, sobretudo nos preços da energia e em muitos bens alimentares»

Desígnios até 2026

«Cumprido um quarto da legislatura», o Primeiro-Ministro António Costa apontou «os principais os desígnios que mobilizarão a nossa acção nas próximas três sessões legislativas»:

  • Modernização do tecido produtivo através das Agendas Mobilizadoras do PRR.
  • Melhoria do sistema de ensino através da rede de Centros Tecnológicos Especializados no ensino secundário vocacionados para a transição digital, a indústria 4.0 e a transição energética.
  • Combate às alterações climáticas através de investimento na floresta e protecção dos oceanos, na ferrovia, nos metros e nas energias renováveis para reduzir.
  • Qualificar as respostas sociais, construindo ou modernizar 471 unidades de cuidados de saúde primários e 31 156 novos lugares em creches.
  • Garantir o direito à habitação, disponibilizando 26 000 fogos até 2026 e 6 800 fogos a custos acessíveis.
  • Combate à pobreza e exclusão social, retirando da situação de pobreza mais 660 mil pessoas, das quais 170 mil crianças e 230 mil trabalhadores.
  • Uma década de convergência com os países mais desenvolvidos da UE e reduzindo a dívida pública para menos de 100% do PIB. 

No caminho certo

O Primeiro-Ministro afirmou que o Governo tem «bem consciência das dificuldades que os portugueses enfrentam no seu dia-a-dia» e está ciente «que muitos jovens se interrogam sobre o seu futuro em Portugal», mas também tema certeza que os resultados já alcançados provam que estamos no caminho certo.

Para prosseguir este caminho o país dispõe de um elevado volume de fundos europeus para investir nos próximos anos permitindo «acelerar este processo de transformação estrutural da economia portuguesa».  

in: portugal.gov | 📸 GA!

© 2023 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias