32.3 C
Guimarães
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Gastronomia: Sopas, Caldos e Papas aquece Outono de Guimarães

Economia

A confraria Terras de Vimaranes, em parceria com o Município de Guimarães, vai organizar o seu primeiro festival de Sopas, Caldos e Papas, marcando o início de uma série de encontros que prometem mergulhar os participantes nos segredos culinários dos seus antepassados.

Na sessão de apresentação, Paulo Lopes Silva, vereador da Câmara Municipal de Guimarães, referiu a dimensão turística e a ligação que o evento tem com a história do território.

“Ao promover Guimarães pelos seus sabores e pelas suas tradições e pela ligação ao mundo rural, ao folclore, (…) e com esta lógica de preservação de tradições, estamos a promover o produto de Guimarães, a afirmar as grandes marcas vimaranenses da cultura, do turismo, da enogastronomia e da sustentabilidade.”

PUB

Para o vereador do Turismo, neste evento procura-se também uma ligação com a produção da alimentação desde a base até ao prato, ‘farm to fork’ no conceito da União Europeia, onde se preservam as tradições da agricultura e o ambiente, através da utilização de produtos de época e endógenos.

Mário Moreira, presidente da confraria Terras de Vimaranes, abriu a sessão para explicar o que motivou a organização deste evento, como parte da missão da própria confraria de defender o património gastronómico da região. Este evento pretende, assim, ser “um hino à sopa, à gastronomia e às nossas tradições”, afirmando que toda a organização está “a trabalhar para que seja um grande evento, que se prolongue no tempo”.

O evento promete uma experiência única de descoberta dos sabores tradicionais da região, com a participação dos principais produtores de vinhos verdes da área, o festival oferecerá aos visitantes a oportunidade de explorar uma ampla variedade de iguarias culinárias.

PUB

O destaque do festival será, sem dúvida, as sopas cuidadosamente elaboradas por quem domina os segredos da culinária tradicional. Os visitantes terão a oportunidade de degustar pratos como sopa juliana, sopa de olhos, sopa à lavrador, sopa do cozido, sopa de entrecosto e sopa de castanhas com cogumelos, entre outros.

Além disso, o evento apresentará uma variedade de caldos destinados a aquecer os sentidos e a explorar os remédios tradicionais que os alimentos podem proporcionar. Os visitantes poderão saborear caldos de nabos, caldo unto, caldo verde e caldo de galinha, todos preparados de acordo com receitas antigas e tradicionais.

Mário Moreira, Paulo Lopes Silva e Vítor Matos. © GA!

As papas, alimentos fundamentais que satisfazem as necessidades básicas, também terão destaque no festival. Os visitantes terão a oportunidade de provar papas laberças, papas de sarrabulho, papas de milho e outras delícias que compõem o rico legado gastronómico da região.

Segundo a confraria Terras de Vimaranes, a exploração das diferenças de sabores proporcionada por essas iguarias é como embarcar numa jornada pela história da região, numa celebração da rica história da gastronomia vimaranense.

© 2023 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias