32.3 C
Guimarães
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Juventude: participação jovem em estudo e com linhas estratégicas

Economia

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), em colaboração estreita com a Associação Oficina de Planeamento e Participação, encontra-se a desenvolver o documento ‘Linhas Estratégicas para a Promoção da Participação Jovem’, com o principal objectivo de estabelecer um enquadramento para impulsionar e fomentar a participação activa dos jovens, em conformidade com os principais referenciais nacionais e internacionais na área da juventude.

Este documento procura alinhar-se com diversas directrizes, destacando-se a Estratégia da União Europeia para a Juventude 2019-2027, a Estratégia para o Sector da Juventude 2030 do Conselho da Europa, o Plano de Acção para a Democracia Europeia da Comissão Europeia, a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da ONU, o Programa Mundial de Acção para a Juventude da ONU e o Plano Nacional para a Juventude.

PUB

O contexto demográfico actual, marcado pelo declínio populacional, despovoamento das áreas interiores e o envelhecimento da população, juntamente com as incertezas decorrentes da globalização, das alterações climáticas, das mudanças tecnológicas, do populismo, da discriminação e da proliferação de notícias falsas, são factores que sublinham a urgência de reforçar políticas públicas destinadas a fomentar a participação activa dos jovens. Apesar da sua importância, os jovens têm sido historicamente sub-representados nos processos de tomada de decisão que os afectam directamente.

Neste sentido, a participação efectiva dos jovens é essencial para uma democracia mais participativa e pluralista, capaz de estimular o envolvimento de toda a população jovem nas decisões que moldarão o seu futuro.

Um dos passos iniciais para este processo é a realização de um inquérito que tem como objectivo recolher informações sobre a participação cívica dos jovens entre os 14 e os 30 anos, em Portugal. Para participar no inquérito e contribuir para este importante estudo sobre a participação juvenil em Portugal, é possível aceder ao formulário aqui.

Esta iniciativa procura dar voz aos jovens, reconhecendo a sua importância na construção de um futuro mais inclusivo e participativo, onde as suas perspectivas e contribuições são valorizadas e integradas nas decisões que moldarão o panorama nacional e internacional.

O IPDJ e a Associação Oficina de Planeamento e Participação apelam à colaboração activa de todos os jovens para enriquecer este processo, garantindo que as suas vozes sejam ouvidas e consideradas na definição de políticas e estratégias que afectarão o seu próprio futuro e o da sociedade em geral.

© 2023 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias