14.5 C
Guimarães
Terça-feira, Julho 16, 2024

Modtissimo: há 30 anos a mostrar o Portugal do têxtil e vestuário

Economia

Tem a presença de 13 empresas vimaranenses e um conjunto mais vasto de outras empresas portuguesas que apresentarão as suas colecções na Exponor.


Organizado pela Associação Selectiva Moda, começa, hoje, na Exponor, com mais expositores que na edição de Fevereiro.

Este certame bianual tem ajudado à internacionalização de pequenas e médias empresas que têm no sector do Têxtil e Vestuário (ITV) um nicho de mercado variado que vai dos tecidos e malhas aos acessórios.

O Modtissimo 60 decorre ao mesmo tempo que London Têxtil Fair, do outro lado do Atlântico, que obrigou algumas empresas a desdobrarem-se para marcar presença nos dois certames.

Manuel Serrão, da Selectiva Moda, já confirmou que “tivemos de, pela primeira vez, limitar a resposta a mais expositores por falta de espaço”, deixando no ar a hipótese de poder aceitar novas inscrições em face de eventuais desistências, o que não veio a acontecer.

📸 GA!

Em 2022, o Modtissimo celebra os 30 anos de existência como o mais antigo salão têxtil da Península Ibérica e único em Portugal. A edição que arranca hoje, na Exponor, marca também o regresso dos compradores internacionais de fora da Europa, depois da pandemia.

Realizando-se durante dois dias, o salão dedicado à fileira têxtil e do vestuário conta já com mais de 300 compradores internacionais.

A Áustria, foi o país convidado na última edição, em Fevereiro, é um dos países mais representados, seguido pela Alemanha e Espanha.

“As expectativas são de que vamos bater novamente o recorde de compradores estrangeiros”.

Manuel Serrão destaca também o regresso dos compradores e jornalistas americanos e japoneses, o que acontece pela primeira vez desde a pandemia. Por tudo isto, “as expectativas são de que vamos bater novamente o recorde de compradores estrangeiros”.

Desta vez, o certame conta também com uma delegação de quase meia centena de compradores dos Países Baixos, que é o país convidado no âmbito de uma missão empresarial organizada em parceria entre a Embaixada dos Países Baixos em Lisboa e a sua agência empresarial RVO e Associação Empresarial de Portugal.

Ao todo serão 240 expositores, responsáveis por mais de 350 colecções, com os tecidos e acessórios para confecção a ocuparem uma área de 9.500m2, quase dois mil mais do que na edição de Fevereiro.

📸 GA!

Para dar ainda mais força a essas características que o mundo reconhece, e como já vem sendo habitual, a Associação Selectiva Moda (ASM) em parceria com o CITEVE apresenta dois showcases: iTechStyle Green Circle e iTechStyle Showcase, que prometem muitas novidades.

Paralelamente, decorrem ao longo dos dois dias, em dois palcos, uma série de encontros de reflexão sobre tudo o que tem impacto sobre os têxteis e a moda, desde o digital até às novas tendências em termos de sustentabilidade – e onde não há-de faltar a abordagem dos maiores desafios do momento com destaque para o sector energético. São as MODTISSIMO Talks e as CITEVE Talks.

As empresas de Guimarães, presentes no Modtissimo 60 são as seguintes:

A Têxtil de Serzedelo (Serzedelo), Coltec – Neves (Polvoreira), Filasa (Nespereira), Guimanos (Silvares), Lemar (Selho São Jorge), JOF Leather Labs (Aldão), Luís Azevedo & Filhos (Brito), Lunartex (Silvares), Marinho & Macedo (Gominhães), Solinhas – Acabamentos de Fios (Selho São Jorge), Somelos Tecidos (Ronfe), TMR Fashion Clothing (Azurém) e Vimaponto (Polvoreira).

📸 GA!

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias