Moreirense: devagar, devagarinho ganha na Trofa

Dependendo muito de si, o Moreirense tem evidenciado uma superioridade em relação aos adversários que tem enfrentado.


O Trofense (16º na classificação) foi o sexto nesta viagem que tem como destino o regresso à Liga Portugal.

A equipa de Paulo Alves marcou cedo na Trofa: aos 9′ Kodisang recebeu um passe de David e depois de uma recepção excelente, rumou à baliza de Miguel Santos e disparou certeiro e rasteiro, fixando uma vantagem que se manteve até ao intervalo.

Entrando com o mesmo 11 das últimas jornadas – André Luís foi a excepção e ficou de fora, por lesão contraída no jogo com o Oliveirense e para o seu lugar entrou Platiny – a equipa de Moreira de Cónegos nunca sentiu qualquer aperto na sua defensiva.

Kewin Silva limitou-se a agarrar na bola e a pô-la em jogo, sem qualquer defesa difícil.

O que ficou da 1ª parte é mesmo um futebol desgarrado, por vezes com a bola a andar mais no ar, com o Moreirense a mostrar que se adaptou bem ao estímulo da Liga 2.

Jogando com tranquilidade, também se notou que a equipa viveu bem com o excelente golo de Kodisang que considerou bastante para manter um controle quase absoluto sobre a partida.

O Moreirense jogou na Trofa como quis e quase a meio gás. Por isso sujeitou-se ao imprevisto, quando Djalma rematou ao poste, aos 63′. Neste período, a equipa da casa jogava mais perto da área de Kewin.

Só num lance, de livre, aos 56′, Rocha cabeceou ao lado, sem perigo. Só mesmo de cantos logrou criar perigo. O tempo foi passando e já com substituições feitas só o Trofense deu nas vistas.

A partir dos 75′, Paulo Alves fez os seus jogadores jogar mais na frente, criando mais pressão sobre a defesa contrária.

Foi assim que aos 79′ Martim Maia fez falta sobre Kodisang dentro da área. Hugo Gomes marcou o penalti e acabou com as dúvidas sobre o resultado.

Acentuando o seu domínio na parte final do encontro, o Moreirense chegaria aos 3-0 num contra-ataque com Madson Monteiro a concluir com o pé esquerdo, um lance que começou já dentro do meio campo do Trofense.

O Vilafranquense que venceu o Benfica B por 3-2 e continua manter a distância de três pontos que separa o Moreirense de um adversário a quem ganhou na abertura da temporada.

O Moreirense alinhou com: Kewin Silva, David, Rocha, Hugo Gomes, Frimpong, Aparício (Lawrence Ofori 45’), Soriano Mané, Franco (Alan 67’), Kobamelo Kodisang (Fábio Pacheco 90′), Walterson Silva (Madson Monteiro 90′), Platiny (Camacho 76’).

Amarelos: Walterson Silva (85’), Madson Monteiro (94′), Rocha (95′).

Golos: Kobamelo Kodisang (9’), Hugo Gomes (82’), Madson Monteiro (93′).

📸 Moreirense FC

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também