23.4 C
Guimarães
Quinta-feira, Julho 25, 2024

Basílica de São Pedro: promove celebrações do santo padroeiro

Economia

A Irmandade do Príncipe dos Apóstolos São Pedro, sediada na Basílica de São Pedro (largo do Toural, Guimarães), promove, de 29 de Junho a 2 de Julho, a Festa de São Pedro com um programa que inclui um colóquio com Aura Miguel, conhecida jornalista e vaticanista portuguesa, a visita aos espaços da Basílica, a actuação do grupo Jograis do Paço, um workshop e celebrações litúrgicas.

“Procuramos assinalar o São Pedro com um programa de actividades diversificado e aberto a toda a comunidade.”

“Num espírito de igreja e Basílica aberta, acolhedora e inclusiva, sinodal e samaritana, procuramos assinalar o São Pedro com um programa de actividades diversificado e aberto a toda a comunidade”, explica o padre José Silvino, Juiz da Irmandade e Capelão da Basílica de São Pedro.

Aura Miguel e Papa Francisco. 📸 Direitos Reservados

Está agendada para o primeiro dia (29 de Junho, Dia de São Pedro), pelas 10h00, a celebração de eucaristia solene presidida por D. Delfim Gomes, bispo auxiliar de Braga, com a participação do Orfeão de Guimarães. No mesmo dia, pelas 21 horas, Aura Miguel participará num colóquio e apresentará o livro Um Longo Caminho até Lisboa – Jornadas Mundiais da Juventude, uma publicação com prefácio do Papa Francisco. Com moderação do sociólogo Esser Jorge Silva, a iniciativa decorrerá, a partir das 21 horas, no salão nobre da Sociedade Martins Sarmento, sendo a entrada livre (até ao limite da capacidade do espaço).

No dia seguinte, 30 de Junho (Sexta-feira), às 11h00, será realizado um workshop subordinado ao tema A beleza com fé (com a participação de Isabel Caneja) e pelas 21h30 actuará, na Basílica de São Pedro, o grupo Jograis do Paço. A Basílica de São Pedro estará aberta para visitas no Sábado (1 de Julho), sendo uma oportunidade para aceder, por exemplo, à varanda através da qual se desfruta de uma perspectiva privilegiada para o largo do Toural. As festividades encerram no dia 2 de Julho (Domingo), pelas 11h00, com uma eucaristia que contará com a participação do Grupo Effatha.

Os órgãos sociais da Irmandade do Príncipe dos Apóstolos São Pedro têm em curso diversos projectos, apontando como prioridade a reabilitação da torre e a iluminação exterior da Basílica de São Pedro, a substituição do sistema eléctrico, a melhoraria do sistema sonoro, a preservação de madeiras, a resolução de problemas de humidade e o restauro dos altares.

“É premente reabilitar a torre da Basílica, mas essa intervenção está dependente da remoção da máquina antiga do relógio da torre que é propriedade da Câmara Municipal de Guimarães. Este assunto tem-se vindo a arrastar ao longo dos anos, sendo necessário que, de uma vez por todas, a autarquia tome uma decisão quanto à retirada da máquina”, recorda o padre José Silvino.

“Guimarães precisa da Basílica de São Pedro e a Basílica precisa de Guimarães, não podendo viver de costas voltadas.”

Salientou ser igualmente necessária “uma intervenção nos telhados, sobretudo da nave central, e a iluminação exterior da Basílica de São Pedro que, como se sabe, está integrada numa das principais praças de Guimarães mas não tem uma iluminação compatível com a importância da Basílica e do espaço envolvente, classificado como Património Mundial pela UNESCO”. “A igreja edifício e a igreja povo fazem parte da cultura da cidade. Guimarães precisa da Basílica de São Pedro e a Basílica precisa de Guimarães, não podendo viver de costas voltadas”, conclui o padre.

📸 Direitos Reservados

© 2023 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias