36.2 C
Guimarães
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Reabilitação: obras na capela de Nossa Senhora da Conceição em curso

Economia

A capela de Nossa Senhora da Conceição, património de interesse público que remonta ao século XVI, encontra-se em processo de restauro e a paróquia vimaranense está a promover um conjunto de iniciativas de angariação de fundos. Nesse âmbito, será organizado, no dia 9 de Dezembro (Sábado), um concerto com Sofia Escobar.

Entretanto, a romaria de Nossa Senhora da Conceição, 8 de Dezembro (Sexta-feira) e as novenas das seculares Festas Nicolinas são expressões culturais e religiosas intimamente ligadas à capela de Nossa Senhora da Conceição que, de acordo com um pergaminho descoberto por Abade de Tagilde, estava construída, pelo menos, desde os inícios do século XVI.

PUB

“A capela de Nossa Senhora da Conceição estava num avançado estado de degradação, correndo-se o sério risco da sua recuperação ser inviável e de se perder um importante e valioso património”, explica o padre Leonel Cunha, pároco de Nossa Senhora da Conceição, recordando que, “em boa hora, o meu antecessor na paróquia iniciou o projecto de conservação e restauro que está a ser desenvolvido de forma faseada”.

O pároco salienta que “a preservação e valorização do património tem sido possível com o apoio dos paroquianos, cidadãos em geral e diversas entidades públicas e privadas”, mas que “a dimensão e custo da preservação obriga a um esforço permanente na angariação de meios para viabilizar todas as fases da reabilitação”.

© Direitos Reservados

Enquanto “importante elemento do património artístico vimaranense, com traça de influência barroca, a capela de Nossa Senhora da Conceição distingue-se também pela valia do seu interior, onde pontificam o tecto apainelado em talha policromada, o retábulo com a imagem da Imaculada Conceição, os painéis de azulejos, o órgão ibérico, os altares (principal e secundários), púlpito e a talha dourada. A capela tem ainda, entre outros elementos, um arco triunfal de volta perfeita, ladeado por altares dedicados a São Francisco e a São Caetano” – salienta uma nota difundida esta semana.

Inicialmente foi promovida uma intervenção estrutural que contemplou a conservação e restauro dos telhados, paredes e soalhos, da torre sineira, da sacristia e do anexo com ligação à capela. A avultada fase inicial da obra contou com o apoio do Município de Guimarães, dos paroquianos e vimaranenses (particulares e entidades), dos nicolinos e da própria fábrica da igreja da paróquia de Nossa Senhora da Conceição.

PUB

Para concluir o processo de recuperação da capela de Nossa Senhora da Conceição torna-se ainda necessário conservar e restaurar os painéis de azulejos, os altares (mor e laterais), a tribuna, o órgão ibérico do século XVII e talha dourada, entre outros trabalhos e intervenções de menor monta. Os importantes azulejos decorativos existentes no interior da capela de Nossa Senhora da Conceição já se encontram a ser restaurados, tendo essa fase do projecto beneficiado de diversos contributos, mas, sobretudo, da doação de uma paroquiana benemérita.

© 2023 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias