Vitória: João Henriques antevê um jogo de Taça com o Santa Clara

O treinador do Vitória não acredita em jogos fáceis. E o encontro para a 4ª eliminatória da Taça de Portugal, com o Santa Clara, será um jogo difícil.


Quando a estrutura do futebol se preparava para o jogo da Taça de Portugal, com o Santa Clara, a surpresa veio da casa de Rui Viana, fisiologista do departamento de alto rendimento da equipa, dando conta da sua morte.

Rui Viana, de 26 anos, foi contratado pelo Vitória esta temporada, “conquistando toda a estrutura e todo o plantel pela sua extraordinária capacidade de trabalho, pela sua enorme dedicação e pelo excelente espírito de grupo que ajudou a promover” – lê-se no site do clube.

Na nota de condolências, refere-se que “será uma perda muito sentida pelo Vitória SC, mas nesta hora tão difícil é com a família, os amigos e com todos aqueles que tiveram o privilégio de partilhar momentos com o Rui Viana que temos o nosso pensamento, transmitindo a força necessária para que enfrentem este doloroso momento”.

© Vitória SC

Este infausto acontecimento levou o treinador a iniciar a conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Santa Clara declarando: “É uma triste notícia para o Vitória Sport Clube e para a família vitoriana. Surpreendentemente recebemos a notícia do falecimento de um dos elementos do staff, o que nos deixou a todos muito tristes. Uma palavra para a família enlutada de toda a estrutura, staff e jogadores”.

A sua memória vai ser honrada como um profissional de corpo inteiro. Ficamos mais pobres até ao final da época…”

João Henriques acrescenta que Rui Viana, “era um elemento muito válido desta estrutura, um jovem promissor a desempenhar as suas tarefas. Vamos recordá-lo sempre esta época em cada um dos momentos que vamos ter daqui para frente. A sua memória vai ser honrada como um profissional de corpo inteiro. Ficamos mais pobres até ao final da época, porque era um elemento muito válido, sempre com muita alegria”.

Sobre o adversário de Domingo, num jogo que se disputa às 14h00, o treinador antecipa: “Vai ser um jogo difícil, um jogo de Taça, contra uma das boas equipas do nosso campeonato. Tem jogadores com muita qualidade individual, é uma equipa madura, com jogadores que actuam juntos há muito tempo e um treinador competente. Vem fazer jus ao que têm sido as duas últimas épocas e ao que tem feito esta temporada. Conheço bem o grupo de trabalho, sei que vai ser um jogo muito difícil para nós. O Vitória quer passar mais esta eliminatória, mesmo com todas as dificuldades que teremos pela frente”.

O Vitória disputará três jogos em nove dias e este jogo da Taça é o primeiro. E revela que “da anterior jornada para esta não há gestão. O jogo da Taça de Portugal é o mais importante nesta altura. Vamos com o melhor 11 que tivermos disponível para jogar. Depois, vamos ver relativamente ao que acontecer no final do jogo, consoante o que pretendemos para o jogo seguinte. De Domingo para Quarta-feira é pouco espaço de tempo, ainda para mais com uma viagem. Mas, na Luz iremos apresentar aqueles que nos derem as melhores garantias. Queremos, durante este mês, fazer o melhor e o melhor é ir de vitória em vitória, ir passando os adversários nas provas a eliminar e ganhar para o campeonato”.

© 2020 Guimarães, agora!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2,617FansCurti
0SeguidoresSeguir
70SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa

Leia também

Europa: presidente da Câmara de Guimarães representa Portugal

Domingos Bragança, foi nomeado representante de P...

Um ano com o vírus e com os mitómanos

Há um ano que um governo de mitómanos sob a ameaç...

Juntar para Ajudar…

Portugal e o mundo encontram-se ainda no meio do ...