Vítor Rodrigues: um vimaranense à conquista de desafios difíceis

Vítor Rodrigues vai de desafio em desafio. Depois de ter batido o recorde de maior distância em pista, durante 24 horas, quer agora entrar numa prova de resistência ao longo do país.


O recorde de maior distância de corrida em pista, é de Vítor Rodrigues, atleta vimaranense que o confirmou no último fim de semana, na pista Gémeos Castro. Foram 251,6 kms a correr. Agora, Vítor Rodrigues quer participar no  “Real Lendário – PT1001”, uma prova de resistência que o levará a percorrer Portugal, de norte a sul, e cumprir 1001 quilómetros, numa média de 70 kms diários.

“É importante alertar para o problema das pessoas que sofrem mentalmente porque muitas vezes não têm força para exteriorizarem aquilo que sentem…”

O atleta vimaranense, considera que “é importante alertar para o problema das pessoas que sofrem mentalmente porque muitas vezes não têm força para exteriorizarem aquilo que sentem”.

Junta, assim, à sua prova uma causa, neste caso, a saúde mental, bandeira e estímulo para a sua performance desportiva. A camisola com que fez a sua última prova, foi oferecida à Câmara Municipal de Guimarães, onde o vereador do Desporto, Ricardo Costa, a recebeu.

© Vitória SC

“É um privilégio – sublinhou o vereador – para Guimarães fazer parte de um evento marcante e ao mesmo tempo estimulante do ponto de vista desportivo, ao atrair atletas de várias nações, permitindo impulsionar a economia e o turismo”. Até Maio, Vítor Rodrigues vai iniciar a preparação de modo a poder cumprir o seu novo desafio percorrendo o país com uma bandeira da cidade e uma causa social ao peito.

© 2020 Guimarães, agora!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2,617FansCurti
0SeguidoresSeguir
70SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa

Leia também

Europa: presidente da Câmara de Guimarães representa Portugal

Domingos Bragança, foi nomeado representante de P...

Um ano com o vírus e com os mitómanos

Há um ano que um governo de mitómanos sob a ameaç...

Juntar para Ajudar…

Portugal e o mundo encontram-se ainda no meio do ...