Sílvio chega ao Vitória como “um amigo do Tiago”!

A circunstância de Sílvio ter feito parte do mesmo plantel com Tiago Mendes, no Atlético de Madrid, e de ambos terem uma relação muito próxima, justifica plenamente a vinda do lateral direito para o Vitória.

“Temos uma grande amizade e perguntou-me se estava disponível para vir para este clube e eu sem pensar duas vezes disse que sim. Agora sou mais um aqui para ajudar o treinador e o clube nos seus objetivos”, confessou Sílvio, no site do clube.

O seu palmarés pode ler lido e interpretado à base do que Sílvio conquistou como atleta: uma Liga Europa, uma Supertaça Europeia, uma Copa do Rei, três campeonatos portugueses, uma Taça de Portugal, três Taças da Liga e oito internacionalizações. Este retrato desportivo e competitivo não é bastante para o jogador baixar os braços, pois, demonstra vontade de brilhar com a camisola vitoriana, um propósito que o novo reforço do Vitória quer satisfazer.

“Tentarei mostrar sempre o meu profissionalismo, uma característica que me define deste há muitos anos. Estou muito feliz por ter vindo para cá…”

Desta forma, Sílvio confessa porque optou por vir para Guimarães e não rumar a outras paragens. “Estou muito feliz por ter vindo para um clube tão grande. Acho que as pessoas aqui também ficaram felizes depois de ver o meu trabalho, tanto dentro como fora do campo. Tentarei mostrar sempre o meu profissionalismo, uma característica que me define deste há muitos anos. Estou muito feliz por ter vindo para cá” – sublinha ainda em declarações ao site do VSC.

No que toca à sua participação no projecto que Tiago Mendes traçou para o Vitória, Sílvio quer ter uma palavra a dizer no presente do clube e da equipa. Mas não lhe basta olhar para trás. Sabe que terá de lidar com jogadores mais novos.

“Esta é uma equipa muito jovem, mas com muita ambição. Uma equipa com muita qualidade e espero ter também aqui um papel fundamental em termos de liderança e experiência. Podem contar comigo para isso também. Já tenho alguns anos disto, sei que, sobretudo neste campeonato, não chega ter qualidade. Os jogadores mais jovens, para além da qualidade, têm de mostrar serviço, têm de correr, atacar, defender e é essa cobrança que eu e os mais velhos vamos tentar implementar aqui dentro da equipa.”

Habituado a grandes palcos, Sílvio sabe que o D. Afonso Henriques, também tem essas características. Nos mais de cem jogos realizados na I Liga, o lateral já sentiu por dentro o “fervor” dos adeptos vitorianos e do ambiente que se vive no estádio, em dias de jogos. “O estádio é incrível, a equipa é incrível, a cidade é fantástica e toda a gente sabe o que é que são os adeptos. São muito exigentes, mas acho que vamos responder bem às expectativas” – avalia, confiante, o futuro da sua relação com a equipa e com os adeptos.

© Vitória SC

Sílvio assinou por uma época com a SAD do Vitória, mas o seu contrato prevê uma renovação por mais uma temporada. Ao longo do seu percurso futebolístico jogou no Rio Ave, Braga, Atlético de Madrid, Deportivo, Benfica e Wolverhampton e Setúbal. Antes de assinar pelo VSC, Sílvio estava desvinculado de qualquer clube, começando a trabalhar no complexo desportivo na Segunda-feira.

Tomaz reforça equipa B

Também, João Tomaz, assinou pela Vitória Sport Clube, um contrato, válido por duas temporadas. O acordo contempla ainda mais uma época de opção.

O médio, tem 21 anos, e vai reforçar a equipa B. Tomaz nasceu em Vila Franca de Xira, actuou, nas últimas duas épocas, nos Sub-23 do Vitória FC (Setúbal), onde cumpriu quase 50 jogos. Foi também no emblema sadino que o jovem português terminou o seu período de formação.

© Vitória SC

Depois dos últimos anos na margem do Sado, João Tomaz vai agora juntar-se ao Vitória, na equipa orientada por Bino Maçães. Recorde-se que a equipa B está inserida na Série B do Campeonato de Portugal, que arranca a 20 de Setembro.

Vitória vence Académico de Viseu

Entretanto, o Vitória disputou um jogo com o Académico de Viseu na Sexta-feira, um encontro de preparação que decorreu no Centro de Estágio Rosa Naútica, em Quiaios.

Nicolas Janvier foi o autor do único golo da partida, logo aos 5′, por sinal um golo de belo efeito que culminou uma jogada conduzida por Edwards. Tiago Mendes escolheu Bruno Varela para a baliza, Sacko, Jorge Fernandes, Abdul Mumin, Falaye Sacko, Jorge Fernandes, Abdul Mumin e Jonas Carls para a defesa, Mikel Agu, André André, Nicolas Janvier para o meio-campo, Marcus Edwards, Rochinha e Noah Holm para o ataque.

© 2020 Guimarães, agora!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1,979FansCurti
0SeguidoresSeguir
50SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa

- publicidade -

Leia também