12.7 C
Guimarães
Segunda-feira, Abril 22, 2024

Vitória: treinador quer mais golos para ganhar ao Casa Pia

Economia

Quem ouve Álvaro Pacheco nota-lhe um discurso aberto, optimista, rasgado, efervescente como o seu sorriso.

Já com Jota Silva e Toni Borevkovic garantidos na convocatória só falta saber se Tomás Händel fica igualmente disponível para o jogo com o Casa Pia, de amanhã, à noite (20h30).

O treinador evidencia uma confiança sobre o resultado igual a tantas outras como no seu passado. Repete alguns conceitos, olha para o adversário como uma equipa diferente depois que Gonçalo Santos assumiu o lugar principal no banco da equipa lisboeta.

O último episódio, da carreira do oponente, é positivo. “A mudança de treinador deu um impulso positivo à equipa do Casa Pia, por isso vem de um bom resultado contra o Arouca”. E prevê o seu comportamento, como alguém que “vai tentar repetir o que fez no último jogo”.

“A nossa vontade é conquistar três pontos.”

O antídoto vitoriano “é sermos capazes de entrarmos intensos, agressivos e concentrados e iguais a nós próprios”, o remédio para concretizar o desejo de “querer ser dominantes para regressarmos aos triunfos em nossa casa, no nosso estádio, perante os nossos adeptos. A nossa vontade é conquistar três pontos”.

Interrogado sobre os “poucos” golos marcados no passado recente, Álvaro Pacheco não vislumbra qualquer justificação e não está preocupado com esse “passado” que já pertence à história da época.

Acredita que, amanhã, “o jogo vai ter golos” porque “se queremos somar mais três pontos, temos de fazer golos”.

“Vamos ser um Vitória com espírito de conquistador e com vontade de impor o seu jogo” – revela o seu plano traçado mas pede “concentração e rigor no jogo”, de modo a conseguir um domínio absoluto nos 90′.

E adivinha que “o Casa Pia entrará em campo com uma grande atitude e jogando no nosso erro, tentando mexer com os nossos equilíbrios”.

Toni Borevkovic e Jota Silva. © Vitória SC

Sobre o regresso de Toni Borevkovic e Jota Silva, o treinador diz o trivial: “É sempre importante termos todos os jogadores disponíveis. Gosto de ter boas dores de cabeça. Cada jogador tem características muito próprias e, por isso, interferem nos jogos de formas diferentes. Estando todos os jogadores disponíveis, seremos capazes de conferir maior variabilidade ao nosso jogo. Estou feliz pelo regresso desses dois jogadores, vão ajudar a equipa a procurar novas conquistas”.

Sobre André Silva, cobiçado por um clube brasileiro, o treinador comenta: “O André está super. Ele tem demonstrado isso”. E interroga: “Transferências? Eu sei é que o André Silva, e os seus companheiros, estão muito interessados nesta altura em transferir, em transportar a bola para as redes da baliza do adversário. É nessa transferência que o André Silva está focado”.

Foto © Vitória SC

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias