Milene Castro Silva
Nutricionista e escritora. Nasceu e cresceu em Guimarães. Licenciada em Nutrição e graduada em Artes da Escrita. Exerce consultas de nutrição clínica, área pela qual nutre um gosto particular assim como pela escrita. Foi autora e coautora de vários livros na área da nutrição. A sua primeira obra foi lançada em 2018.

“A quinta roda de um carro só atrapalha”

A quinta roda do carro se não permanecer na mala pode atrapalhar o andamento de um carro. Uma bela estátua para ser considerada uma obra de arte foi retirada intencionalmente a pedra que estava em excesso para obter a forma desejada.

O mesmo se processa com uma alimentação saudável. O excesso de informação ou de dados (como citam alguns autores) provocam alguns inconvenientes na forma de estar e de pensar.

Num dia comum, em que simplesmente vive a sua rotina, liga o rádio para ouvir música e notícias sobre emagrecimento inundam o seu cérebro: ora é o café que engorda, ora é o pão. Como se comer saudavelmente seja sinónimo de emagrecer!

Acaso reparar num quiosque e observar as capas de revistas irá com certeza encontrar algo referente a uma alimentação saudável, sejam batidos, jejum intermitente ou receitas sem hidratos de carbono. Redes sociais são inundadas com essas informações muito semelhantes.

Existem centenas de podcasts que abordam temas alimentares. Certamente terá um amigo, conhecido ou familiar que relembra constantemente a importância de uma alimentação saudável.

A realidade é comum a todos os nós: somos bombardeados com imensos dados que sem o conhecimento adequado, não sabemos selecionar o melhor conteúdo. A infodemia, isto é, o excesso de informações sobre determinado assunto, sobretudo se veiculadas por fontes não fidedignas, multiplicam-se num curto período de tempo tendo por consequência a desinformação e torna o esclarecimento mais difícil.

Selecionar informação é fundamental para o seu bem-estar. Comer bem é saber escolher os alimentos com melhor qualidade nutricional a preço adequado. Desta forma é muito importante a leitura de rótulos alimentares.

Alguns supermercados adotaram um sistema de cores dos alimentos saudáveis, moderados e a evitar. Está à mercê do que falam sobre os alimentos? Possui espírito crítico sobre os produtos alimentares? Sabe o que coloca no carrinho das compras? Se respondeu não a estas questões poderá estar na hora de refletir sobre se não andará com uma “quinta roda de um carro”.

Notícias sobre os vilões como, por exemplo, pão e massa, sem conhecimento adequado, conclusões precipitadas tais como para obter uma relação saudável com o peso terão de abandonar esses alimentos. Eu dir-lhe-ei que o nosso cérebro necessita de hidratos de carbono.

Uma relação saudável com o corpo e alimentação é um direito de todo o ser humano.

A restrição destes mesmo por mais de três semanas pode provocar alterações de humor, perturbações no sono e apatia. Uma relação saudável com o corpo e alimentação é um direito de todo o ser humano.

O ser humano é complexo e generalizar o que não pode ser generalizado arrisco-me a afirmar ser uma grande e robusta “quinta roda”. Investigue o seu estilo de vida, peça ajuda profissional se assim o entender, faça uma reflexão sobre a informação nutricional que lê e ouve (se é adequada e profissional), selecione essa informação e obtenha conhecimento. Comportamentos simples produzem uma grande diferença na sua saúde.

Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas nº1828N

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também