6.3 C
Guimarães
Segunda-feira, Fevereiro 6, 2023

Há mais um parque de lazer em Prazins Santa Eufémia

Economia

Foi construído via Orçamento Participativo

Na freguesia de Prazins Santa Eufémia, há agora um parque de Lazer, uma obra mais incluída no orçamento participativo de 2017.

É um novo espaço de convívio e de exercício físico, contempla as valências de um parque infantil, e está dotado de um piso de tartan que permite o seu uso continuado. Luís Mendes, cidadão da freguesia, submeteu a proposta ao Orçamento Participativo e foi uma das vencedoras. O presidente da Câmara inaugurou aquele espaço verde com a presidente da Junta no último Sábado e já está em funcionamento.

Por certo, aquele parque vai contribuir para um novo viver na freguesia de Prazins Santa Eufémia, dado tratar-se de uma estrutura bem construída, ajardinada e que permite à população sénior a promoção de estilos de vida mais saudáveis e como meio de combater o sedentarismo.

O objetivo da iniciativa visou a dotação de um equipamento público com equipamento para o exercício físico, lazer e convívio. O valor investido nos equipamentos foi de 18.159,20€, acrescido de IVA.

Lagoas e charcas do rio Ave protegidas – Fundo Ambiental apoia

Valorizar o território e a zona húmida e da galeria ripícola, concedendo valor científico e pedagógico a um dos valores naturais de paisagem mais emblemáticos daquelas localidades do concelho de Guimarães, são os objectivos de um projecto que será implementado na União de Freguesias de Arosa e Castelões.

O Fundo Ambiental, recentemente criado, para apoiar acções e objectivos de desenvolvimento sustentável, na área da protecção terrestre, validou a candidatura apresentada pelo Laboratório da Paisagem, de modo a proteger “Lagoas e Charcas” no rio Ave, no âmbito da agenda 2030. Neste caso, visa-se a a conservação e defesa do património natural autóctone e diversificado que se encontra sob o risco dos impactes negativos das alterações climáticas e ações antrópicas locais. As acções a levar a cabo são sensibilizar o público-alvo,- a comunidade escolar, seniores e voluntários ambientais – em oficinas e workshops, produzir e partilhar novos recursos didácticos e pedagógicos – guias práticos, pianos de sensibilização ambiental e plano de sustentabilidade. Está previsto no elenco de acções o restauro ecológico, a conservação da biodiversidade, solo e recursos naturais.

© 2019 Guimarães, agora!

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias