19.3 C
Guimarães
Sexta-feira, Abril 12, 2024

HOOL: Zero Waste Europe certifica hotel pela sua prática ambiental

Economia

A organização que luta por reduzir o desperdício na União Europeia, desde 2014, quando foi criada, reconheceu ao Hotel da Oliveira o cumprimento das regras ‘standard’ aplicáveis ao negócio.

O presidente da Câmara, Domingos Bragança, esteve no hotel para ver o diploma que confirma as boas práticas ambientais. Uma forma de assumir a sustentabilidade – não como tendência – mas como linha de orientação da empresa e da sua estratégia. Ernesto Fernandes – acentua – que “fazemos questão de trabalhar todos os dias para que possamos melhorar e contribuir para os pilares da sustentabilidade”.

PUB

E, por isso, mostra o seu orgulho por o HOOL “ser o primeiro hotel urbano de Portugal e da Europa a obter este reconhecimento”

Ernesto Fernandes, administrador do hotel, evidencia o desempenho na área dos resíduos assumido como compromisso. E deixa claro que a estratégia da unidade que dirige tem uma boa prática associada ao tratamento de resíduos desde 2023.

E que a Zero Waste Europe (ZWE) reconheceu por se enquadrar nos padrões em que “todos os recursos devem ser conservados e recuperados, sem os incinerar ou depositar em aterro, incentivando mudanças na concepção dos produtos, de forma a reduzir a quantidade e a eliminar a toxicidade dos resíduos e dos materiais utilizados”.

Ernesto Fernandes orgulhoso desta certificação. © GA!

Sublinha, as boas práticas do HOOL, lembrando a redução de resíduos por hóspede em 30%, a utilização de 75% dos produtos para limpeza das áreas são eco-labelled; já conseguiu evitar a produção de 380kg de resíduos de vidro, diminuindo em 80% a produção de indiferenciados que iriam ter como destino o aterro; a boa prática permitiu aumentar os resíduos recicláveis em 130%; diminuir o consumo de amenities e respectivas embalagens em 53% através da colocação de dispensadores; e reutilizar atoalhados no fim de vida dando-lhes nova função, por exemplo, reaproveitando-os para toalhetes de mãos.

Há mais sinais nesta boa prática no tratamento dos resíduos como a utilização de peças decorativas de artesãos locais feitos de materiais naturais; e a conexão do hóspede com a cultura e o património local a partir da marca ‘Feel Guimarães’.

A Zero Waste Europe, enquanto organização e líder de uma rede de comunidades, organizações, de protagonistas locais, agentes da mudança, na defesa de sistemas sustentáveis, acelerando a transição justa e a eliminação de desperdícios na sociedade, para beneficiar as pessoas e o planeta, é apoiada pelo programa LIFE da União Europeia.

A ZWE é, ainda, o braço regional da Global Alliance for Incinerator Alternatives (GAIA), e ao longo dos tempos construiu uma rede de influência na Europa com a sua visão de lutar contra o desperdício que teve início em Capannori, na Itália, cidade que despertou para este movimento e que, hoje, inclui 35 membros dos 28 países da União Europeia – então com o Reino Unido incluído.

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias