6.7 C
Guimarães
Quinta-feira, Fevereiro 2, 2023

Mundifios vai instalar a sua sede em Ronfe

Economia

Município aprova incentivos para o investimento

A Mundifios adquiriu um terreno, em Ronfe, onde vai instalar a sua sede, abandonando a ideia de se instalar em Famalicão.

A construção da nova sede da Mundifios, empresa que se dedica à produção e comercialização de fios têxteis, representa um investimento de 4,350 milhões de euros e a criação de cinco novos postos de trabalho.

A empresa candidatou-se aos incentivos criados pela Câmara Municipal de Guimarães que foram aprovados na última reunião de Câmara. Nos cinco anos posteriores ao início do projecto, a Mundifios vai ter uma isenção de 71% no IMI, no IMT e na redução de taxas e licenças.

A anunciada transferência da sua sede para Vila Nova Famalicão foi assim abortada uma vez que a empresa comprou à Somelos uma parcela de terreno que lhe permite instalar a sua sede numa área de cerca de 10 mil m2.

A Mundifios teve, no triénio 2016-18, um valor de cerca de 62 milhões de euros de exportações directas e de 130 milhões indirectas. Naquele período a empresa teve um investimento em I&D de cerca 600 mil euros, para uma carteira de projectos de 800 mil. Só de IRC a empresa pagou 2,33 milhões nos três anos referidos.

“A empresa opera a montante de sectores de atividade (fabricação de têxteis e vestuário) que representam mais de 60 por cento do volume de exportações do concelho, sendo atividades económicas vitais para a região e para o País”, justifica o despacho, referindo que a atividade da Mundifios – Comércio de Fios SA, necessita, do ponto de vista das instalações e logística, de condições que a mera atividade de comércio a retalho, não implica.

A Mundifios opera na região como fornecedora e produtora de fios e possui uma estrutura com cinco locais de armazenamento distintos (dois na freguesia de Ponte, um em Ronfe, um em Vilarinho, Santo Tirso, e outro em Famalicão) que reduzem a sua operacionalidade e gestão. Daí a justificação para encontrar um local para a sua sede.

Sobre a decisão municipal de enquadrar a empresa no contexto dos PEIM- Projectos Económicos de Interesse Municipal, a administração da empresa congratula-se com a sua permanência em Guimarães, onde nasceu e criou raízes e onde desenvolve a sua actividade.

Para além da Mundifios, outras outras oito empresas viram os PEIM’s aprovados ou renegociados, o que eleva para 16.820.930€, representando a criação de 63 postos de trabalho.

© 2019 Guimarães, agora!

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias