Ballet Rosa focada no mercado chinês

A empresa de desenho e confecção de fatos de ballet não faz por menos: para além de ter vestido as bailarinas do Ballet Nacional da China para uma sessão fotográfica, abrirá uma loja no Taobao, plataforma de comércio online. Os objectivos da Ballet Rosa passam ainda por “quintuplicar, num prazo de quatro anos, as vendas no gigantesco mercado chinês”. A empresa, fundada em 2010 por Luís Guimarães e Adão Coelho, exporta hoje “95% da sua produção para um total de 23 países”. O principal mercado situa-se nos Estados Unidos, mas a China tem subido no ranking, ocupando o quarto lugar nos locais mais importantes para a exportação da Ballet Rosa.

© 2019 Guimarães, agora!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também