12.7 C
Guimarães
Segunda-feira, Abril 22, 2024

RoboParty: três dias para construir robôs móveis e autónomos

Economia

Há 111 equipas de jovens inscritas para participar no maior evento de robótica educacional que começa Quinta-feira (21 de Março) a partir das 10h00 no campus de Azurém.

A 16ª edição do RoboParty decorre como é habitual no interior do pavilhão desportivo da Universidade do Minho, vai contar com uma equipa do Brasil e outra de Espanha e é promovida pelo Laboratório de Automação e Robótica (LAR) da Universidade do Minho e a botnroll.com no que é o evento pedagógico que ensina a criar e a construir máquinas que se mexem de forma animada e simples.

PUB

O reitor Rui Vieira de Castro, o autarca de Guimarães, Domingos Bragança, participam na abertura deste festival de robótica participado por jovens de todo o país.

“A maioria dos participantes é da faixa etária dos 15 aos 17 anos, sendo que o mais novo tem 10 anos e o menos novo tem 66 anos” – salienta um nota divulgada pela organização.

Há um ritual de preparação, no início do evento, com a distribuição de um kit de peças do robô ‘Bot’n Roll One A’, seguida de uma formação básica em electrónica, programação e mecânica para permitir a construção do protótipo, num ambiente de entre-ajuda e com apoio permanente de 65 estudantes maioritariamente de engenharia electrónica industrial e computadores

© Direitos Reservados

Desafios robóticos, onde os participantes põem os seus robôs à prova, para demonstrar as suas capacidades, realizam-se na Sexta-feira e Sábado. No fundo são provas de obstáculos, corridas e uma fun challenge e dança, sendo que este último decorre no Sábado às 14h00.

No final do evento os participantes levam os robôs consigo para casa ou para a escola para continuarem a aprender.

Ao longo dos três dias non-stop (os jovens trazem saco-cama), há múltiplas actividades lúdicas e desportivas, como apresentação de gadgets, DJ, basquetebol, ténis de mesa, xadrez, tiro com arco, treino funcional, peddy paper, actuação da Tun’Obebes (tuna feminina de engenharia da UMinho) e da Tuna Afonsina (tuna de engenharia da UMinho), e ainda ‘internet wireless’

Desde o seu início em 2007 a RoboParty já contou com mais de 8000 jovens entusiastas com vontade de se divertir a aprender electrónica, programação e mecânica.

As principais novidades deste ano, são as demonstrações de outros robôs desenvolvidos pelo Laboratório de Automação e Robótica (LAR) – charmie e futebolistas, o lançamento do novo botnroll e as formações acreditadas para os professores matlab e simulink, e ainda a programação do botnroll em python.

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias