23 C
Guimarães
Segunda-feira, Junho 24, 2024

Idegui: abre portas à Feira Internacional de Ciência

Economia

Paulo Lopes Silva, vereador da Câmara Municipal, Rui Vieira de Castro, reitor da Universidade do Minho e Hernani Gerós, do Curtir Ciência, marcaram a sessão de inauguração, esta manhã.

O vereador defendeu a necessidade de “estimular o conhecimento sobre ciência”, um dos eixos estratégicos do desenvolvimento de Guimarães, nas várias faixas etárias da sociedade, com particular relevo nas mais jovens.

Espera que esta feira internacional represente “um momento importante para que todos aqueles aqui presentes possam dar a conhecer o seu trabalho”, trazendo “visibilidade a algo que acontece dentro de portas, sobre as tecnologias do futuro” que vão permitir “cidadãos mais bem preparados para o futuro”

© Direitos Reservados

Acredita, ainda, que os jovens possam encontrar mais informações acerca das possibilidades disponíveis para o seu futuro, tornando-se assim um momento capaz de contribuir para a decisão.

Rui Vieira de Castro referiu-se à intensa actividade anual do Curtir Ciência, destacando as relações que estabelecem com várias instituições e tipos de público, afirmando ser “um enorme orgulho ver o impacto deste centro” na comunidade.

Para o reitor, uma instituição de ensino superior “tem que ter uma dimensão de promoção da ciência junto dos públicos mais novos”; e que possa responder ao desafio de “como é que se pode beneficiar a população, como podemos promover uma recepção deste conhecimento e da ciência?” E a feira foi apresentada como uma actividade que responde a este desiderato. 

No total, são 29 entidades presentes, que vão desde escolas secundárias, universidades, politécnicos, empresas privadas, públicas e organismos internacionais, durante dois dias intensos de mostra de actividade científica. 

Investigadores, equipamentos e infra-estruturas presentes

A FIC2 reúne investigadores, projectos, equipamentos e infra-estruturas ligados à ciência e tecnologia, integrando estas áreas como promotoras do conhecimento e da literacia científica. Ao longo dos dois dias, entre as 10h00 e as 19h00, o programa inclui palestras, formação e exposições, contando com investigadores das mais diversas áreas científicas. Além da mostra de projectos pedagógicos e da apresentação de novidades tecnológicas disponíveis no mercado, a FIC2 dará a conhecer o que de melhor se faz na, e pela, educação e ciência, em Guimarães.

As escolas de ciências e de engenharia da UMinho, o IPCA, o Laboratório da Paisagem de Guimarães, o Centro de Valorização de Resíduos, a Casa das Ciências, a Vimágua e a Resinorte são alguns dos expositores confirmados, assim como várias escolas profissionais e secundárias de Portugal e Espanha.

A mostra divide-se em três sectores: palestras e mesas redondas abertas às escolas e comunidade, com presença de investigadores de diversas áreas científicas e tecnológicas; mostras temáticas com a presença de escolas, centros de investigação e empresas, e um terceiro sector com espaços lúdico-pedagógicos pensados para os visitantes mais novos.

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias