23 C
Guimarães
Segunda-feira, Junho 24, 2024

Concerto: The Lemon Twigs no Centro Cultural Vila Flor

Economia

A banda norte-americana, dos irmãos Brian e Michael D’Addario, apresenta um novo álbum de originais em Guimarães, num concerto em que a primeira parte terá a actuação da nova-iorquina Allegra Krieger.

The Lemon Twigs e Allegra Krieger não deixam esmorecer o lastro de energia do Westway LAB e garantem duas actuações interessantes no grande auditório do CCVF, amanhã, à noite.

A banda americana de Long Island, dos The Lemon Twigs – da dupla de irmãos Brian e Michael D’Addario, ambos vocalistas, cantautores e multi-instrumentistas, trazem os temas de um dos mais aclamados álbuns de 2023, ‘Everything Harmony’ e um novo trabalho de originais na calha para a estreia em Portugal e em Guimarães

Por seu turno, Allegra Krieger, cujo mais recente disco, ‘I Keep My Feet on the Fragile Plane’, tem sido considerado o seu trabalho mais maduro e atraente até agora, entra no repertório que vai apresentar.

Brian e Michael D’Addario vão apresentar o seu pop sofisticado para além da inspiração nos sons melódicos e cativantes dos anos 60 e 70.

Na sua estreia, em Portugal, trazem os temas de ‘Everything Harmony’ na bagagem e um novo trabalho de originais, ‘A Dream Is All We Know’, com lançamento previsto durante este mês de Maio.

Um dos mais aclamados álbuns de 2023, ‘Everything Harmony’ recebeu nota máxima do The Guardian e foi incluído nas listas de melhores do ano da MOJO, Paste Magazine e The Needle Drop. ‘A Dream Is All We Know’, o novo disco da banda, tem uma sonoridade mais alegre e menos melancólica do que a do álbum anterior. Como o título sugere, é uma visão menos sombria da vida e uma jornada esperançosa no reino dos sonhos.

Em entrevista publicada na agenda de programação Maio/Agosto de A Oficina, disponível online em aoficina.pt os The Lemon Twigs revelam “como aprenderam a tocar e a cantar juntos quando tinham entre cinco e sete anos de idade. Na actualidade, como artistas adeptos de uma componente visual e performativa muito forte, de mãos dadas com o respeito pela música que têm feito”, falam também da dedicação relativa aos arranjos e aos ensaios com a actual formação ao vivo para que, quando finalmente fizerem o concerto, se possam apenas divertir, demonstrando-se “muito entusiasmados” por se estrearem em Portugal, frente a um público ansioso por os ouvir ao vivo.

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias