23 C
Guimarães
Segunda-feira, Junho 24, 2024
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

TAG

Democracia

Europa…Nossa!

Não há alternativa à Europa, democrática, solidária e comunitária, para Portugal e para outros países europeus que connosco entraram neste caminho comum, de progresso e de desenvolvimento. Se a nossa integração é inquestionável e tem virtualidades ainda não exploradas, a Europa oferece, hoje, todas as condições para esquecermos de vez...

Qual o caminho que queremos seguir?

Por estes dias muito ouvimos falar da vida interna dos partidos políticos, a diferença entre unidade e unitarismo, o que é ou não mais ao menos democrático. O que afasta ou aproxima o militante e até o cidadão comum, deste ou aquele projeto. Estas diferenças entre as formas de...

25 de Abril: os sons (das palavras) da Liberdade vindos da AM

A Assembleia Municipal (AM) é o lugar onde a democracia política tem mais expressão, em Guimarães. São sete partidos e grupos parlamentares ali representados: PS, PSD, CDS-PP, CDU, BE, IL e Chega; Os deputados eleitos por estes partidos questionam a Câmara nas sessões ordinárias ou extraordinárias, os presidentes de junta completam...

PSD: 50 anos assinalados hoje

A concelhia de Guimarães do PSD vai juntar-se, “com todo o orgulho, às comemorações com um programa especialmente dirigido aos seus militantes ao longo deste ano, com momentos de confraternização e convívio, que servem para fortalecer os laços que nos unem”. O presidente da concelhia sublinha que “o partido desempenhou...

O 25 de Abril é de todos!

A data 25 de Abril de 1974 é uma marca dos portugueses... de todos os portugueses. Há quem abusivamente se tenha apropriado dela, como coisa sua, quando ela é o sinal de liberdade, logo pertença de todos. Desde então, todos vivemos sob um regime que nasceu nessa data: uma sociedade aberta,...

Responsabilidade com Abril

25 de Abril de 1974: o dia em que Portugal evoluiu. A revolta a viva-voz de um Povo. Se é no pluralismo das ideias que podemos afirmar que vivemos numa sociedade verdadeiramente aberta e num País Livre, pautado por um Estado de Direito Democrático, a questão que se coloca agora...

Renascimento e os salvadores!

A democracia “falou”, os portugueses recuperaram a sua força e acorreram a 10 de março a um momento de definição do futuro de Portugal. Poderemos achar que o panorama político terá ficado mais confuso, no entanto a decisão foi de cada um de nós e é com ela que...

O sindicalismo que temos e o sindicalismo que queremos

Nos passados dias 23 e 24 de fevereiro realizou-se o XV Congresso da CGTP-IN, data a partir da qual passei a integrar o Conselho Nacional da CGTP, integrando a quota da Corrente Política e Ideológica do Bloco de Esquerda, representatividade salvaguardada pelo Direito de Tendência previsto na lei e...

Abster-se não é protesto, mas estupidez

Este artigo foi escrito, mentalmente, na passada quarta-feira, onde tudo começou: filosofia; arte; história; política e democracia. Acima de tudo democracia. Em Atenas, aos pés da Ágora Antiga, o local onde foram lançadas as sementes da civilização ocidental sob a liderança de Sólon, Clístenes e Péricles. Ali, é impossível...

A banalidade… política!

Parte das manifestações políticas são tão banais que acabam ao jeito de confrontações no futebol, com arremesso de objectos para dentro do campo: os isqueiros e garrafas de água, foram substituídos por vasos de plantas e guarda-chuvas, sendo comum os palavrões e os gestos dos contendores. Isto significa que a...

Últimas Notícias

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER