32.3 C
Guimarães
Quarta-feira, Julho 24, 2024
Milene Castro Silva
Milene Castro Silva
Nutricionista e escritora. Nasceu e cresceu em Guimarães. Licenciada em Nutrição e graduada em Artes da Escrita. Exerce consultas de nutrição clínica, área pela qual nutre um gosto particular assim como pela escrita. Foi autora e coautora de vários livros na área da nutrição. A sua primeira obra foi lançada em 2018.

Provérbios populares e alimentação saudável

Segundo o dicionário de língua português, a palavra provérbio deriva do latim “proverbium,ii”, que significa dito ou ditado. Na verdade, enriquece qualquer um de nós com as mensagens morais e populares. Sobre comida, existem imensos de forma que selecionei apenas alguns que considero interessantes para os dias de hoje. Eis o primeiro:

“Quem não é para comer também não é para trabalhar.”
Ou seja, este provérbio mostra o quão é importante comer bem para ter energia para as tarefas diárias tais como o trabalho. Note-se que comer bem significa comer saudavelmente.

“Quem come até se fartar cedo vem a jejuar.”
Eu acho este provérbio muito à medida do século XXI, pois muito se fala em saltar refeições e jejuar. Este provérbio mostra o quanto o equilíbrio e as quantidades de comida, sem grandes extremos é sempre o melhor caminho.

“O comer e o coçar vão do começar.”
Quem aprecia petiscos sabe a dificuldade de quando se começa a comer é difícil parar. Quando se gosta muito de pão, por exemplo, não dá para comer apenas um pouco… porque quando se começa depois o problema é parar. O melhor é conhecer como a sua fome e apetite funcionam antes de começar a comer. Porque já sabe… Basta começar…

“Se não queres engordar, come e bebe devagar.”
Neste provérbio acho que está tudo dito… A importância de mastigar e beber devagar ajuda na saciedade, a comer apenas o necessário, ou seja, não se ultrapassam as quantidades de comida, auxiliam na digestão.

“Bom sono e boa comida acrescentam a vida.”
Este provérbio também é muito direto e simples. Realmente sabe-se que dormir bem e comer saudavelmente é muito importante para uma excelente qualidade de vida.

“Quem não come por já ter comido, não tem doença de perigo.”
Sabe-se, até aos dias de hoje, que comer demasiado faz aumentar o risco de doenças tais como diabetes, cancro e obesidade (doença de perigo).

Estes são apenas alguns exemplos de como a cultura popular também é sábia e ainda se pode adaptar às necessidades sociais em pleno século XXI.

Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas nº1828N

© 2023 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Leia também