Vítor Oliveira
Tem 40 anos e atualmente é Chefe de Gabinete do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, depois de ter exercido funções de Adjunto entre 2013 e 2017. Licenciado em Comunicação e Pós-Graduado em Economia Social, foi seis anos Docente Assistente Convidado no Instituto Superior de Línguas e Administração (ISLA) e Diretor Executivo do CyberCentro de Guimarães durante onze anos. Entre 1996 e 2002, trabalhou como jornalista na Empresa Gráfica do Jornal “O Comércio de Guimarães” – GUIMAPRESS e no portal “Diário Digital”.

Guimarães, Cidade Universitária

Até ao próximo dia 10 de maio, Guimarães recebe as fases finais dos Campeonatos Nacionais Universitários, uma organização da Associação Académica da Universidade do Minho, UMinho, Federação Académica do Desporto Universitário (FADU) e Câmara Municipal de Guimarães, que recebe em exclusivo, pela primeira vez, uma competição de âmbito nacional onde são apurados os melhores em oito modalidades diferentes que, por sua vez, vão garantir um lugar nos Campeonatos Europeus Universitários. Durante duas semanas, mais de 2 mil estudantes-atletas, de várias academias do país, ocupam as unidades hoteleiras em Guimarães, fruem e dinamizam a cidade, exploram os cantos e recantos da urbe histórica, conhecem as calçadas do Berço, estimando-se que, mais tarde, seduzidos pela cidade fundacional, possam cá regressar com as suas famílias. Esta não é, porém, mais uma convencional edição dos Campeonatos Nacionais Universitários. A Associação Académica da UMinho adicionou-lhe o conceito da sustentabilidade, em linha com a estratégia ambiental definida pelo Presidente do Município. Neste período de provas, os veículos utilizados serão elétricos e/ou híbridos, a reutilização de garrafas é condição fundamental, prevalecerá o incentivo à reciclagem, apenas será utilizada água da rede pública nas diferentes atividades desportivas e, com vista à obtenção de uma pegada ecológica neutra, será plantado um número de árvores equivalentes aos recursos ambientais consumidos. O evento terá mais de 12 espaços diferentes e ficará na memória não só pela questão das infraestruturas desportivas, mas também por todos os outros projetos em paralelo. Assinala-se, por isso, o significado para Guimarães da escolha para esta competição, o que permite a presença continuada de Guimarães nos principais eventos desportivos em Portugal – realidade que assume um especial significado no trabalho de cooperação para a internacionalização da Cidade Universitária, juntamente com o seu património, cultura, juventude, ciência e conhecimento.

Através do desporto e da educação, damos a conhecer Guimarães enquanto concelho de afetos, de laços criados entre as suas gentes e com espírito empreendedor, que projeta o futuro com esperança, com projetos inovadores, como será a Escola-Hotel, em embrião no centro da cidade e que vai regenerar a zona da Cruz de Pedra numa parceria entre a Autarquia e o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA). A Escola, independentemente do nível de ensino, é muito mais que o edificado – sendo esta também uma área muito reforçada pelo Município. É um ecossistema que deve fazer com que o aluno se sinta preparado para fazer parte da construção de uma sociedade de valores, daí também o permanente investimento da Câmara de Guimarães no setor da Educação, nas áreas artística, desportiva, ambiental, tecnológica ou de participação, contribuindo para a formação cívica e crescimento social dos nossos jovens, na diária missão de criarmos uma sociedade de relações democráticas e solidárias. É na escola, principal meio de aquisição de conhecimento e de desenvolvimento de competências, que os nossos filhos têm de obter as qualificações profissionais e pessoais que necessitam para construírem o seu futuro e de um Portugal melhor, mais desenvolvido e sustentável. Hoje, temos escolas com condições de excelência, modernas e renovadas nas suas infraestruturas, projetos inovadores, estando mais habilitadas para continuarem a formar, com rigor e exigência, as gerações do nosso concelho e do nosso país.

© 2019 Guimarães, agora!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2,599FansCurti
0SeguidoresSeguir
70SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa

Leia também

Fazer Presente: teatro ajuda inclusão pela arte

A ADCL vai implementar um projecto de teatro part...

Gondomar: lixeira a céu aberto nas margens do rio

As margens do rio Naceiros, afluente do Ave, têm ...

“Engenhocas” distinguida com prémio jovem biofísico 2021

O pai de Ana Rita Araújo, já a tratava por esta a...