ACIG: edifício sede será vendido à NVE se a Câmara não optar

Ao cumprir com os critérios fixados para a compra, apresentando uma proposta superior a 85% do valor base, a NVE está na frente para adquirir a herança da ACIG.


Agora, só o Município pode obstar a que a NVE Engenharias SA compre o edifício da ex-ACIG. No leilão electrónico, ontem realizado, pela Leilosoc, a NVE ofereceu 2 milhões de euros e disputou até às 18h00 com outro licitante a compra do imóvel classificado e situado na zona de protecção do centro histórico.

A proposta da NVE ultrapassou o valor mínimo do leilão, de 1,9 milhões e esteve perto de atingir o valor base da licitação que era de 2.345.300,60€.

A Câmara ainda não fez qualquer opção sobre a utilidade de adquirir o palacete dos Lobos Machado, utilizando o direito de preferência, o que não significa que o assunto não tenha sido já abordado no seu interior.

E se utilizar o direito de preferência vai ter de justificar porque faz a compra de um edifício para o qual tem de disponibilizar os 2,0 milhões de euros e da sua necessidade e utilidade.

De resto, o vereador do Urbanismo, Seara de Sá, garante que “quer seja a Câmara, quer seja um privado, a função do edifício não será alterada, no essencial”, uma vez que, certamente, a NVE não quererá ter outra associação num edifício que foi sede da ex-Associação Comercial e Industrial de Guimarães. E apresentará uma proposta de utilização enquadrável nas regras que estão definidas no regulamento do centro histórico.

O palacete dos Lobos Machado terá sempre uma função compatível com o estatuto de um imóvel classificado, com uma frontaria em estilo rocaille, único. “E profusamente decorada com motivos vigorosos e dinâmicos, de belo relevo feito no granito típico da região, que contrasta admiravelmente com a brancura das paredes caiadas”

A casa dos Lobos Machado foi construída na segunda metade do séc. XVIII, e situa-se na rua da Rainha D. Maria II, uma das ruas nobres da cidade outrora chamada de Rua Sapateira. 

Apesar da insistência a NVE não divulgou o que pretende fazer naquele edifício, depois de ter já apostado na reabilitação urbana em algumas ruas da cidade.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -

Edição Impressa/Digital

Leia também