18.4 C
Guimarães
Segunda-feira, Maio 27, 2024

Internet: Município reforça presença com plataforma mais versátil e inteligente

Economia

O sítio do Município de Guimarães, na internet, tem uma nova “cara” e aumentou a sua versatilidade com novidades ao nível dos conteúdos.

Paulo Lopes Silva, vereador com competências sobre a Divisão de Sistemas Inteligentes da Câmara, defendeu que houve “uma preocupação com a acessibilidade dos munícipes” e com o ar fresco da página e das suas funcionalidades. Salientou as perspectivas em que o mesmo pode ser lido e usado: como Portal do Cidadão, como Portal do Investidor e como site de notícias onde a Câmara verterá toda a informação administrativa e decorrente da sua actividade, o Guimarães Visível.

Há, porém, uma novidade, em que o site passa a incluir o recurso à IA – Inteligência Artificial. A “Clara” é um avatar que vai dialogar com os utilizadores, o que evidencia “um laço de confiança que é preciso estreitar com os cidadãos” – referiu o vereador.

Esta inovação é um primeiro passo de relevar “um serviço público de padrão digital” que tende a melhorar de forma sistemática, neste tempo de transição digital que o Município de Guimarães já participa, de forma activa.

Acentuou também que o procedimento de “autenticação” de documentos por parte da administração municipal e do cidadão já é possível utilizando ferramentas da chave móvel digital, o que facilita a tramitação de processos.

O novo sítio foi concebido em forma “de promoção da cidadania” e “numa forma de libertar recursos humanos para atender melhor os cidadãos” – disse César Silva, da empresa parceira da Câmara que tratou desta reformulação do espaço.

Explicou que as mudanças no sítio vão de encontro às expectativas dos cidadãos de ter melhores serviços que resolvam problemas na hora. Por outro lado, o sítio promove um relacionamento dinâmico, transparente e uma comunicação eficiente. Nesta plataforma, “podemos reportar a existência de um buraco na rua, uma lâmpada apagada na iluminação pública e um conjunto de ocorrências que podem afectar a normalidade da vida dos vimaranenses”.

O novo sítio, também, trouxe desafios: “o de poder ser utilizado por cidadãos de outros países no cada vez mais cosmopolita concelho de Guimarães”.

A tradução será simultânea para as línguas que estarão disponíveis no site, onde se pode ter a informação mais básica sobre obras em casa, com uma resposta ao nível do “sim/não”.

Os interfaces novos, de navegar, pesquisar ou o “Siri” estão incorporados nesta plataforma, tal como interface de voz, para dar resposta a pessoas com uma escolaridade mais baixa, incluindo a língua gestual.

As transformações operadas no cm-guimaraes.pt estão todas centradas no cidadão, aos quais pretende dar resposta.

O sítio contém ainda um directório com várias ligações: em.guimaraes (cartaz cultural), visitguimaraes (turismo), bem como o portal do associativismo. Igualmente as aplicações que estão em uso estarão disponíveis para download.

O presidente da Câmara, esclareceu que o novo portal “é uma tentativa de corresponder a uma maior proximidade com o cidadão, mais acessível, com conforto e com mais confiança”.

Referiu, também, que a construção do site “foi sempre pensada para ser exemplo no índice de presença dos Municípios na Internet, com conteúdos relevantes e de interacção” e que cumpra no essencial a função de “dar resposta aos cidadãos dos seus problemas e das suas solicitações feitas através da plataforma digital”.

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias