12.1 C
Guimarães
Sábado, Junho 15, 2024

Hospital: médicos de Gastrenterologia na Digestive Disease Week

Economia

Apresentaram oito comunicações científicas na mais prestigiada reunião mundial de gastrenterologia realizada este mês em Washington – EUA.

“Em mais de 20 anos, o serviço de gastrenterologia do hospital da Senhora da Oliveira – Guimarães/ULSAAVE teve dois trabalhos seleccionados, para comunicações orais, pela sua qualidade e inedistismo” – revela uma nota de imprensa.

© PUB

Perante mais de 10 mil congressistas de todo o mundo, os médicos do HSOG apresentaram mais seis comunicações, na forma de poster, o que deixa a equipa de médicos daquele serviço hospitalar orgulhosos, dada “a reconhecida selectividade dos júris nas comunicações aceites para apresentação”.

Das duas comunicações orais, a ‘Pan-intestinal capsule endoscopy’, revela como é feita uma endoscopia a pacientes com suspeita de sangramento gastro-intestinal inferior em que são autores os médicos Bruno Rosa, Tiago Cúrdia Gonçalves, M. João Moreira, Francisca Dias de Castro, Bernardo Sousa Pinto, Mário Dinis Ribeiro e José Cotter.

E a segunda revela “o impacto de um programa estruturado de treinamento em capsúla endoscópica”, um estudo feito durante três anos e que tem como autores Tiago Lima Capela, João Gonçalves, Ana Isabel Ferreira, Vítor Macedo Silva, Cátia Arieira, Sofia Xavier, Tiago Cúrdia Gonçalves, Pedro Boal Carvalho, Francisca Dias de Castro, Joana Magalhães, Bruno Rosa, M. João Moreira e José Cotter.

No conjunto de participantes neste encontro, apenas mais um serviço português teve apresentações orais dos seus trabalhos.

Nas restantes comunicações seleccionadas para apresentação sob a forma de poster, de destacar uma que foi distinguida como ‘Poster de Distinção’, sobre “a dissecação endoscópica gástrica da mucosa” e em que os médicos se interrogam sobre “se podemos confiar na biópsia inicial com fórceps”. São seus autores Ana Isabel Ferreira, Tiago Lima Capela, Vítor Macedo Silva, Sofia Xavier, Pedro Boal Carvalho, Joana Magalhães e José Cotter.

As restantes comunicações sob a forma de poster, foram sobre Predictores de cura endoscópica para pólipos colo-rectais malignos, impacto clínico da cápsula endoscópica de Pillcam Crohn na doença inflamatória intestinal, incidentes e factores de risco e lesões gástricas metacrônicas após endoscopia, entre outras com autoria de João Gonçalves, Ana Isabel Ferreira, Mariana Souto, Sofia Xavier, Pedro Boal Carvalho, Joana Magalhães, José Cotter, Tiago Lima Capela, Ana Isabel Ferreira, Vítor Macedo Silva, Sofia Xavier, Tiago Cúrdia Gonçalves, Pedro Boal Carvalho, Cátia Arieira, Tiago C. Gonçalves, Bruno Rosa e Ana Isabel Ferreira.

A nota revela que “a qualidade dos trabalhos, traduzida desde logo pela sua não rejeição, antes pelo contrário pela sua aceitação e selecção para apresentação, são um sinal demonstrativo da investigação científica desenvolvida pelo serviço de gastrenterologia, com enfoque na área clínica, nomeadamente na área da dissecção endoscópica da submucosa, bem como destacadamente na área da cápsula endoscópica, continuando o serviço a ser nesta última uma referência nacional e internacional”.

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias