13.3 C
Guimarães
Domingo, Junho 16, 2024

Crianças: Hospital vai cuidar da saúde mental até aos cinco anos

O projecto sobre Saúde Mental na Primeira Infância, será implementado pelo Hospital Senhora da Oliveira.


O seu objectivo é cuidar da saúde mental das crianças entre os zero e os cinco anos de idade, aplicando um modelo de intervenção na pré-escola baseado na promoção de um desenvolvimento positivo focado na aprendizagem de competências emocionais e sociais e na identificação precoce de desvios no desenvolvimento.  

“Este modelo mostrou ser muito eficaz a longo prazo, tendo as crianças revelado um melhor ajuste social e académico, com redução de casos de alterações de comportamento e de stress emocional” – revela uma nota de imprensa do hospital vimaranense. 

O Saúde Mental na Primeira Infância reveste-se de uma primordial importância na promoção e prevenção da saúde mental nas sociedades futuras, tem um carácter interdisciplinar e está alinhado com as orientações da OMS e do Plano Nacional de Saúde Mental.  

O serviço de Pedopsiquiatria do HSOG em parceria com o Município de Guimarães realizaram, em Janeiro de 2020, a primeira reunião com educadores de infância do concelho de Guimarães para apresentarem o projecto. 

Logo após a interrupção motivada pela pandemia, o serviço de Pedopsiquiatria, em articulação com a Câmara Municipal, com a CPCJ de Guimarães e com o agrupamento de escolas de Abação, retomaram o projecto, tendo realizado nos dias 5 e 12 de Abril de 2022 a primeira acção de curta duração do Saúde Mental na Primeira Infância para educadoras, integrado no Centro de Formação Martins Sarmento, promovido pelo agrupamento de escolas de Abação e administrado pela equipa de primeira infância do serviço de Pedopsiquiatria do HSOG.  

A acção de formação contou com a participação de 20 educadores de infância e realizou-se num ambiente de proximidade, focado no objectivo final de promover as melhores competências sociais e emocionais nas crianças e reduzir significativamente o impacto das dificuldades cognitivas, emocionais e físicas que a criança possa apresentar. 

Continuar a divulgar este curso a todas as educadoras de infância do concelho é uma pretensão que o hospital quer manter, o que se traduz num grande benefício para a comunidade.

📸 GA!

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Leia também