TGV: interface de alta velocidade pode situar-se no apeadeiro de Ferreiros

O Plano Ferroviário Nacional esteve em debate, esta tarde, promovido pela CCDR-Norte e a ligação de Guimarães para o litoral e para o interior de Felgueiras e Vale do Sousa foi abordada.


O coordenador do Plano Ferroviário Nacional, Frederico Francisco, anunciou que a estação da linha de alta velocidade, em Braga, ainda está em estudo. Mas apontou o apeadeiro de Ferreiros como o que melhor servirá a cidade pela sua centralidade.

Adiantou ainda que todos os estudos que foram feitos sobre a alta velocidade estão a ser revisitados para definir qual é o melhor local.

“O ideal era que a estação do TGV fosse na actual estação da ferrovia” – disse Frederico Francisco. Porém, isso implicaria a construção de uma linha no subsolo da cidade de Braga muito extensa. Sobre a hipótese Nine, em Famalicão, onde começa a nova ligação de ferrovia até Valença, o coordenador do PFN admitiu que esteja a ser objecto de estudo. 

© Direitos Reservados

“A eventual ligação a Guimarães” – nas suas palavras, Frederico Francisco apenas a abordou como possível se a estação da alta velocidade se localizar perto do norte da cidade de Braga, o que permitiria abranger todo o território do Quadrilátero Urbano onde Barcelos se incluiria.

Vários oradores interrogaram o coordenador do Plano Ferroviário Nacional sobre a ligação de Guimarães a Felgueiras e Vale do Sousa, mas nenhuma resposta foi dada.

O coordenador sustentou, ainda que o PFN não é mais “do que uma folha de papel com notas” com ideias a serem discutidas na sede das cinco comissões de coordenação do país, com associações, universidades e comissões intermunicipais e a partir das quais se confrontarão as propostas do governo e as críticas e sugestões da sociedade civil. Só daí resultará a versão final do Plano Ferroviário Nacional.

📸 PFN

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também