23 C
Guimarães
Segunda-feira, Junho 24, 2024

ATP: é subscritora da declaração de Antuérpia para um Pacto Industrial Europeu

Economia

A Associação de Têxtil e Vestuário de Portugal anunciou que se tornou signatária da Declaração de Antuérpia para um Pacto Industrial Europeu, juntando-se assim a outras 1182 organizações, entre associações, empresas e outras entidades, de 25 sectores distintos.

“Esta iniciativa reflecte o compromisso da ATP em promover a competitividade e a sustentabilidade da indústria têxtil e vestuário, não apenas em Portugal, mas em toda a Europa” – salienta um comunicado hoje divulgado.

Reforça a ATP que “a Declaração de Antuérpia é um apelo claro aos governos europeus e às instituições da UE para colocarem a indústria no centro da agenda política e económica, reconhecendo-a como uma força motriz essencial para a inovação, emprego e prosperidade na Europa”.

O seu compromisso com o fortalecimento do sector têxtil e vestuário, defendendo políticas que incentivem a competitividade e a resiliência no mercado global, é assim reforçado pela ATP.

“A adesão da ATP à Declaração de Antuérpia é um passo significativo para a nossa indústria.”

Mário Jorge Machado, presidente da Associação de Têxtil e Vestuário de Portugal, declarou sobre a importância deste acto: “A adesão da ATP à Declaração de Antuérpia é um passo significativo para a nossa indústria. Ao unir esforços com outras organizações europeias, estamos a enviar uma mensagem clara sobre a necessidade de políticas industriais robustas que apoiem o crescimento sustentável e a inovação na indústria têxtil e de vestuário”.

Acrescenta que “esta iniciativa é fundamental para garantir que o nosso sector continue a ser uma força económica vital em Portugal e em toda a Europa”.

A Declaração de Antuérpia destaca a urgência de medidas concretas para enfrentar os desafios económicos e ambientais que a indústria europeia enfrenta, ao mesmo tempo que promove uma transição justa e sustentável.

A ATP está comprometida em trabalhar em estreita colaboração com os governos, as instituições europeias e os parceiros do sector para garantir que as políticas adoptadas promovam a competitividade, a inovação e o crescimento sustentável da indústria têxtil e de vestuário.

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias