32.3 C
Guimarães
Sábado, Setembro 30, 2023

Vitória: um pontinho num jogo em que o Estoril falhou um penalti

Jogou melhor na 1ª parte e desapareceu na segunda, com desempenhos distintos e com substituições que nada acrescentaram.


Voltaram os fantasmas da época passada, com o Vitória a demonstrar duas caras: uma boa e sorridente na 1ª, e uma feia e vazia na segunda.

Notou-se cedo que o Vitória queria fazer diferente. Jogou mais esclarecido, nas transições havia mais velocidade, remates de fora da área abundaram e num deles André Almeida levou a bola ao poste. Até nos cruzamentos Quaresma colocou a bola no centro da área onde Alfa Semedo cabeceou várias vezes mas por alto. E num desses a bola bateu mesmo na barra.

Ao Vitória só faltaram os golos para coroar uma exibição agradável que prometia, perante um Estoril encolhido na sua intermediária que jogou sempre com medo do Vitória.

Individualmente para além de Quaresma que esteve activo do seu lado, também Edwards jogou mais solto e em velocidade chegando a criar situações de desequilíbrio que Bruno Duarte não aproveitou.

Quando se esperava que o Vitória consolidasse o modo de jogar e o estilo de jogo e pela resposta dada pelo seu adversário, eis que o Estoril regressa dos balneários decidido a disputar o resultado e tornou-se senhor absoluto dos primeiros cinco minutos e beneficiou até de uma grande penalidade, por falta de Jorge Fernandes sobre um avançado contrário. 

© LPFP

Valeu que André Clóvis atirou ao lado mas o Estoril não perdeu o domínio do jogo que manteve até ao fim criando lances susceptíveis de darem golos.

O Vitória voltou a descer o nível do seu jogo, perdendo-se numa segunda parte pálida, sem fio de jogo, sem vida que nem as cinco substituições feitas por Pepa trouxeram qualquer benefício ou esperança.

Os vimaranenses deixaram o Estoril com um pontinho lisonjeiro que espelha a falta de ambição e deixa marcas sobre uma equipa e um plantel que ainda procuram um norte.

Foi pena que Pepa não tivesse deixado ir mais longe a experiência que agradou na 1ª parte e a que só faltaram golos e talvez tenha que reavaliar se vale a pena fazer cinco substituições que nada acrescentam. Quaresma e André André quando saíram não mostraram boa cara pela substituição e com razão.

O Vitória alinhou com: Trmal, Sacko, Borevkovic, Jorge Fernandes, Rafa Soares, André André (Janvier 58’), Alfa Semedo, André Almeida (Rúben Lameiras 67’), Ricardo Quaresma (Tiago Silva 67’), Marcus Edwards (Rochinha 58’), Bruno Duarte (Herculano 96’).

📸 Vitória SC

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Leia também