19.3 C
Guimarães
Sexta-feira, Abril 12, 2024

Vitória: Safira é implacável e tem cabeça de oiro

Economia

Com três golos até ao intervalo, o Vitória avisou o Santa Clara do seu propósito, somando o sexto jogo sem perder.

É uma equipa estável, para além das entradas e saídas de jogadores do 11 titular. E assim, perdendo e ganhando, Moreno Teixeira apresenta um 11 sólido que joga com espírito colectivo, consolidando uma estratégia de jogo que começa a produzir resultados.

Como equipa em crescendo de forma, com jogadores a dobrarem a sua confiança, o Vitória foi aos Açores para construir o resultado mais volumoso, ao intervalo.

E Moreno não tem desperdiçado a oportunidade de ir metendo jovens, num sinal de equilíbrio de valores no plantel, onde todos lutam pela titularidade. A entrega da baliza a Rafa, um jovem em afirmação que tem acompanhado a equipa como guarda-redes suplente é mais outra evidência do acerto das decisões tomadas pelo treinador.

Safira (22’, 30’) destacou-se ao marcar os dois primeiros golos: no primeiro ofereceu o peito à bola, num lance fortuito dentro da área e no segundo mostrou a sua cabecinha de oiro, capaz de golpes fatais, na área adversária.

André Silva (44’), cujo voluntarismo é notório, viu premiado o seu esforço com um golo, do meio da rua num remate que foi um chapéu ao guarda-redes açoriano.

📸 LPFP

A força evidenciada em São Miguel, nos Açores, por uma equipa construída mais com trabalhadores do que com artistas da bola, não é apenas física e moral.

Tem outros condimentos e é também um sinal da estabilidade existente no grupo, do consenso do trio de jogadores sobre a estratégia e o onze titular; estabilidade que se estende à direcção e ao próprio clube que segue em frente para além das marés…

Se Afonso Freitas voltou a assistir para o segundo golo, também Jota continua com a sua irreverência a ser um cavalo de Tróia na defesa contrária, com as suas incursões e os seus remates.

O Vitória chegou aos 40 pontos e solidifica o 5º lugar, um prémio para a equipa que acreditou muito em si, para além de aplausos ou apupos, de críticas e de louvores.

Continua seguramente próxima de arrecadar o lugar europeu que também contribuiu para a estabilidade do grupo, da afirmação da equipa e dos seus mais jovens jogadores.

A história da 2ª parte é a de uma equipa que controlou o jogo, esteve perto de alargar o leque de golos marcados, Safira (46’) atirou ao lado, Dani (48’) perdeu-se na entrada da área, misturando-se com a bola, resistiu ao contraponto do Santa Clara que teve o seu momento de euforia marcando um golo.

© VSPORTS

O Vitória alinhou com: Rafa Oliveira, Mikel, Ibrahima Bamba, André Amaro, Afonso Freitas, Dani Silva (Nicolas Janvier 66’), André André (Matheus Índio 91’), Miguel Maga, André Silva (Nelson da Luz 79’), Jota Silva (Johnston 79’), Alisson Safira (Anderson Oliveira 66’).

Amarelos: Rafa Oliveira (98’).

Golos: Alisson Safira (22’ e 30’), André Silva (44’).

📸 LPFP

© 2023 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias