24.5 C
Guimarães
Segunda-feira, Maio 27, 2024

Westway LAB: afirma Guimarães como cidade da música até Sábado

Economia

É um festival de criação, com larga panorâmica de estilos e formatos, inovador e progressivo que gerou na última década várias histórias de sucesso na música.

Rui Torrinha, director artístico do festival, escreve que o Westway LAB, impulsionou “a construção de novos lugares e novas relações mais sustentáveis, articulando de forma orgânica os diversos domínios que constituem o interactivo universo da música”.

PUB

O festival decorre de 10 a 13 de Abril, utilizando diversos palcos e equipamentos. É essencialmente um festival talhado para o Centro Cultural Vila Flor – café concerto, grande auditório, mas alonga-se na cidade – Tasca do Tio Júlio, Ramada 1930, Tribuna do São Mamede CAE, Oub Lá, Convívio e CAAA, numa espécie de descentralização cultural no âmago da cidade.

O Centro de Candoso, serviu de incubadora e lugar de ensaio a alguns espectáculos e onde funcionaram as residências artísticas.

A edição deste ano do Westway LAB pretende evidenciar “a originalidade e comunidade pela música”, e contribuir para colocar a co-criação na agenda europeia. Estendeu a sua influência e o seu conceito conceptual a festivais de menor escala mesmo em grandes palcos. Esta influência chegou até às conferências do Eurosonic, em 2020.

“O Westway LAB vai continuar a crescer em 2024” – admite Rui Torrinha. Um crescimento que se notará “nas ideias, propostas, experiências e parcerias”, não se desligando “da relação com a criação em alta e uma vivência única através da musica”.

Sublinha que “as residências que cruzam artistas nacionais e internacionais mantêm o seu foco na originalidade”.

O festival incorpora também conferências e um mercado artístico, para além do showcase das residências artísticas. Por exemplo, as conferências PRO, são para o director artístico do festival um momento para acompanhar o festival que se consolida também na vertente “da prospecção e descoberta de talento, antecipando assim o futuro do circuito de música ao vivo, nos muitos palcos do Westway LAB”.

Rui Torrinha acredita que estes quatro dias de primavera, o que chega hoje a Guimarães, é um evento, numa cidade património da Unesco que “faz da música um grande centro nervoso de felicidade”.

Paulo Lopes Silva, vereador da Cultura e presidente de A Oficina, destaca o Westway LAB “por tudo o que significa, pela ambição que continuamos a ter neste projecto, pela projecção de criação que sai do festival”, características que fazem do evento “uma central de criação”, com importância no contexto da internacionalização das carreiras dos artistas. A nível local ganha expressão por o Westway LAB ser o centro de um eco-sistema musical que ao longo do ano se dedica a promover actividade neste sector.

O programa e os artistas

É possível encontrar aqui o programa completo referente ao festival (com 23 concertos), às conferências PRO (20 conferências e keynote), e à criação (quatro residências artísticas).

Capicua, NewDad, Julia Mestre, Luís Severo, Bardino, Silly, Unsafe Space Garden, Conferência Inferno, Riça e Uto são alguns dos projetos musicais apresentados nesta edição do Westway LAB, nas noites de 12 e 13 de Abril no Centro Cultural Vila Flor (CCVF), dando asas à dimensão do festival. A estas actuações juntam-se os City Showcases na tarde de 13 Abril em cinco locais emblemáticos na cidade de Guimarães, e os Showcases resultantes das residências artísticas a 10 e 11 de Abril à noite, no CCVF. 

As conferências PRO activam-se ao longo dos quatro dias do evento com diversos eixos temáticos, ressalvando-se também a figura proeminente da indústria musical Rob Challice enquanto keynote internacional. 

O arranque do Westway LAB acontece, hoje, na boa companhia dos seus públicos, artistas, e profissionais da indústria da música, novamente focado e vivendo intensamente o sector da música como faz a cada primavera, em Guimarães.

Está disponível o passe geral que garante acesso a todos os concertos pelo valor de 35€, bem como os bilhetes diários para os concertos das noites de 12 ou 13 de Abril pelo valor de 20€.

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias