Espaço Oficina: “Há ir e voltar” estreia hoje

A peça focada na “crise de uma geração” e nas migrações, ficará em cena até 9 de Outubro, no espaço que tem sido casa da dramaturga desde o início do ano.


“No princípio esqueces-te do verbo”, são as primeiras palavras de uma peça que começa, e se prolonga por longos minutos, em silêncio, enquanto três mulheres carregam uma trouxa sobre um cenário inóspito.

É assim que se inicia a viagem delas, e a do espectador, sobre as crises que marcam uma geração, sejam elas económicas, políticas, de conflitos armados e, principalmente, de refugiados.

Na conferência de imprensa que se seguiu ao ensaio, Sara Barros Leitão revelou que têm trabalhado nesta peça desde Junho, “com muitos caminhos”, mas que acabaram por escolher as migrações como tema principal.

A dramaturga explicou que partiram para esta criação sem texto escrito, preocupando-se antes em reflectir sobre o fenómeno das migrações e como inevitavelmente seremos nós nesse lugar. É, também, “um olhar sobre os movimentos de extrema direita, movimentos neonazis que não têm problemas em distinguir migrantes de bem e migrantes de mal”.

O elenco é composto por três mulheres, Diana Sá, Gisela Matos e Susana Madeira, “porque interessava, como mulher, partir de um olhar feminino, trabalhar a partir do corpo da mulher”, justifica Sara Barros Leitão. Acrescenta que o facto de serem três mulheres é simbólico, tendo em conta os mitos, como na mitologia grega, as três moiras, responsáveis por fabricar, tecer e cortar aquilo que seria o fio da vida de todos os indivíduos.

Quanto a outros planos para o espectáculo, a dramaturga não tem perspectivas de o levar para outros pontos do país e mostra-se satisfeita por ficarem três semanas em cena no Espaço Oficina: “aqui tenho uma casa, não quero sair”. Diz, ainda, que tem “muita ligação” a este local, gosta do contacto que promove e pretende dinamizá-lo. Nas previsões para o seu futuro, Sara Barros Leitão afirma que, em Guimarães, continuará “como espectadora”, pois termina em Dezembro a sua residência como directora artística convidada.

Há ir e Voltar estreia hoje, às 21h30, no Espaço Oficina e continuará até 9 de Outubro. Existirão sessões com Língua Gestual Portuguesa a 23 Setembro, 1 e 9 Outubro e com Audiodescrição a 25 e 30 Setembro e 8 Outubro. Os bilhetes têm o valor de 7,5€ e podem ser obtidos na bilheteira online.

📸 Paulo Pacheco

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também