Paulo César Gonçalves
Nasceu em Guimarães, voltado para o Castelo da Fundação, e, até ver, está vivo.

Carta de Desamor

Senhores Miguel Frazão e Rui Castro, recebi as suas cartas, senhor Frazão, por causa do acesso ao centro histórico e estacionamento, no passado mês de Março. Sobre as mesmas, cumpre-me escrever o seguinte:

  1. Gostava que me explicasse, sem ser com recurso ao paternalismo, que refuto, como é que se muda, em menos de uma semana, a morada no certificado de matrícula e no cartão de cidadão? Tem ideia?
  2. O contrato de arrendamento não estava declarado nas finanças? Estava, como provei, desde 2 de Março de 2021. Só me mudei a 7 de Março. Sugiro que acerte contas com a Vitrus, por causa das 4 multas que essas sanguessugas me passaram depois dessa data. Não tenho dinheiro para esbanjar.
  3. Quanto ao conselho da 2ª carta, de passar apenas com o semáforo intermitente, estimo que o enfie pelo recto acima, percebe? Um semáforo intermitente coloca-se ANTES do perigo, não em cima dele. Dispenso condescendência, muito menos de uma pessoa que nunca me viu (e que espero, sinceramente, que nunca me venha a encontrar).

Quanto ao incompetente eng. Rui Castro, responsável moral por dezenas e dezenas de acidentes com os pilaretes, deixo-lhe o seguinte: turistas com os carros alugados pendurados e inutilizados, uma senhora que vai entregar as compras e acaba com o carro trespassado, um emigrante que teve de ser desencarcerado, um casal que vai experimentar uma moto para oferecer à filha e acaba no hospital (com costelas partidas e uma fractura exposta na perna), um comerciante (do CH) com o carro destruído, um barbeiro (do CH) surpreendido pelo pilarete assassino.

Continue a lavar as mãos como Pilatos, em vez de estudar ou informar-se sobre a obrigatoriedade que a UE impõe aos sistemas de segurança/espira electromagnética (que o referido sistema, claramente, não possui). O senhor e outros como o senhor, já agora.

Como é que se explicam tantos acidentes? Já viu o mesmo acontecer, por exemplo, no sistema de pórticos (portagens)?

Os sinais verticais são puramente alegóricos, bem como o horário…e todo o restante.

Os sinais verticais são puramente alegóricos, bem como o horário…e todo o restante. O senhor, e outros como o senhor, são responsáveis por milhares de euros de prejuízo a particulares, socorrendo-se de um seguro que aposta na má-fé.

Para quem fala do alto da burra e não viu o seu poder de compra afectado durante a pandemia, poder de compra esse que eu e muitos outros patrocinam, todos os anos, é fácil não se compadecer com o sofrimento alheio.

Garanto que não me calarei. Tenham vergonha e decência: tarde, mas tenham.

Com (des)amor

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

1 COMENTÁRIO

  1. Nem de propósito: neste preciso momento, há uma história em que uma senhora deu cabo do carro, por causa de um pilarete e a autarquia quer que, a referida senhora pague , além do carro, o pilarete..Valha-me Deus!Não se pensa??? Ora vejam a lei…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2,740FansCurti
0SeguidoresSeguir
70SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa

Leia também