Março: há menos 100 desempregados em Guimarães

O número de desempregados continua a baixar, sendo agora de 6657 e numa altura em que a construção civil e obras públicas sentem a falta de mão de obra.


O desemprego baixa mas a procura de apoios sociais, no Município, sobe. É o contraste de uma situação social e laboral que afecta quase sete mil pessoas em Guimarães.

Em relação a Fevereiro, há menos 100 pessoas desempregadas, ou seja 50 homens e igual número de mulheres. Os sem trabalho continuam a ser mais os que há menos de um ano se inscreveram no centro de emprego.

NÚMERO DE DESEMPREGOS: 6657

MENOS 100 PESSOAS EM RELAÇÃO AO MÊS DE FEVEREIRO

Também, o número dos que procuram o 1º emprego baixa, desde Janeiro. De 371 passaram para 354. A mesma baixa regista-se entre os que procuram novo emprego, agora, são 6303.

Também nos escalões etários, se constata o mesmo fenómeno de baixa. Porém, no escalão de 55 e mais anos, há mais 21 pessoas. Os desempregados que têm o ensino secundário como habilitação escolar são agora menos 36, a maior baixa neste item da formação académica.

© infografia: GA!

Noutros itens, regista-se que, em Março, foram despedidos 11 trabalhadores, 39 despediram-se do seu empregador e nove iniciaram uma actividade por conta própria.

O IEFP colocou 123 trabalhadores, 62 homens e 61 mulheres.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2,740FansCurti
0SeguidoresSeguir
70SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa / digital

Leia também