11.1 C
Guimarães
Terça-feira, Fevereiro 7, 2023

Comércio: sede da ACTG na Plataforma das Artes

A Associação do Comércio Tradicional de Guimarães (ACTG) instalou-se num ateliê na Plataforma das Artes, ao lado do espaço Empresa, onde terá a sua sede.


Pode ser uma solução de recurso ou uma solução definitiva para a sede da associação ligada ao comércio tradicional. Agora, os associados da ACTG podem aceder ao que a nova associação pode dar e aos serviços que pode disponibilizar aos seus associados, depois da extinção da ACIG que entrou em processo de falência ainda não totalmente resolvido.

Os pequenos espaços onde era suposto serem desenvolvidos ateliers de artistas culturais, vão servindo para o que for pedido à Câmara Municipal que, no entender do seu presidente, são um instrumento para a autarquia “cooperar” com a associação que representa as actividades económicas com loja de rua.

“A Câmara Municipal não substitui os comerciantes nas suas estratégias de inovação e de atracção de clientes…”

Domingos Bragança defende que “está disponível para apoiar no que for necessário para impulsionar o comércio em todo o território do concelho, mas a Câmara Municipal não substitui os comerciantes nas suas estratégias de inovação e de atracção de clientes” – salientou. 

Na sessão, que contou com a presença do vereador da Divisão de Desenvolvimento Económico, Ricardo Costa, e com representantes da direcção da ACTG, o presidente da Câmara alertou para a importância da “dimensão digital” no âmbito do novo quiosque electrónico “Guimarães Proximcity” que “está intrinsecamente associado à vertente comercial e que serve como ajuda instrumental para termos um comércio tradicional forte”, seguindo exemplos de sucesso no mercado, ao nível de grandes marcas internacionais.

A presidente da Associação do Comércio Tradicional de Guimarães, Cristina Faria, mostrou-se satisfeita com a nova sede. “Este era o passo que precisávamos de dar no sentido de organizar a logística da associação e dar o apoio necessário aos associados da ACTG”.

© 2020 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Leia também