Covid-19: vacinação para professores e pessoal não docente

O processo de vacinação decorre com normalidade em função das vacinas disponíveis e dos grupos de risco que são prioridades em função da estratégia definida a nível central.


Depois dos utentes dos lares e do pessoal que ali trabalha, dos médicos, enfermeiros e outro pessoal do Hospital Senhora da Oliveira, chegou, agora, a vez dos professores e do pessoal não docente do 1º ciclo e do ensino pré-escolar. Foram cerca de um milhar de pessoas que foram vacinadas este fim de semana. Outra fase do plano de vacinação, começará em Abril, que abrangerá outros segmentos da população. O presidente, da ARS-Norte, Carlos Nunes, esteve, hoje, no Multiusos, para ver mais de perto, como decorre a vacinação dos vimaranenses.

“Guimarães é um bom exemplo, por oferecer instalações mais amplas, o apoio de recursos humanos e a colaboração da Polícia Municipal…”

“O Ministério da Saúde sabendo que nos Centros de Saúde não teria as mesmas condições, tem contado com a colaboração das autarquias e Guimarães é um bom exemplo, por oferecer instalações mais amplas, o apoio de recursos humanos e a colaboração da Polícia Municipal” – referiu Carlos Nunes.

Acompanhado pelo presidente da Câmara Municipal, Domingos Bragança, e pelo director do ACES do Alto Ave, Novais de Carvalho, o presidente da ARS-Norte, abordou a planificação feita para, a partir de Abril, acelerar o processo de vacinação à população em geral, depois de ter atingido todos os lares de idosos da região norte, esperando que todas as pessoas maiores de 80 anos, se incluam já nesta fase. Esclareceu que, o processo de vacinação dos professores de outros níveis de ensino, tenha sequência na semana de 10 e 11 de Abril.

Já com mais doses de vacina, o presidente da ARS Norte admitiu que o processo de vacinação entrará numa fase mais global, de modo a atingir o objectivo de ter 70% dos portugueses vacinados até ao início de Setembro. “Só assim teremos a imunidade de grupo”, em relação a esta doença.

Novais de Carvalho, adiantou que “a vacinação de grupos específicos, como os idosos com mais de 80 anos, pessoas acamadas e os professores, ficará concluída até ao fim do mês de Abril. E espera que “em Guimarães a vacinação atinja toda a população até ao final do Verão”.

Domingos Bragança voltou a manifestar “a total colaboração da Câmara Municipal” neste processo, uma cooperação com as entidades do sector da saúde que se regista desde o início da pandemia, nomeadamente proporcionando as condições necessárias de logística, de modo a contribuir para a erradicação e controle da pandemia.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2,728FansCurti
0SeguidoresSeguir
70SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa / digital

Leia também

Novo livro: Ferreira de Castro e(m) Guimarães

No âmbito do Dia Mundial do Livro, Álvaro Nunes e...

Síncope: artista Carlos A. Correia estreia hoje no espaço Oub’lá

O espectáculo está dividido em três partes. Músic...

Moreirense: início fatal afasta o 6º lugar

Nos primeiros 11’ da partida, o Moreirense sofreu...

Vitória: o resultado é bem melhor que a exibição

Com um golo de Rochinha (16’), o Vitória importou...

Vitória: inverter o ciclo com o Santa Clara

O jogo com o Santa Clara é crucial no resto do ca...