CDU: Bairro da Feijoeira onde não se cumprem condições de salubridade

Os candidatos da CDU escolheram o sector da habitação para as suas acções de campanha tendo em vista as eleições autárquicas.



Mariana Silva e Torcato Ribeiro, os cabeças de lista da CDU à Câmara e Assembleia Municipal, ouviram dos moradores do Bairro da Feijoeira, no centro da cidade, críticas “à inércia por parte dos responsáveis pela gestão das habitações, mas também pela falta de cuidado com o espaço exterior da responsabilidade camarária”.

Os candidatos foram confrontados com “a degradação visível, de anos, de alguns dos blocos”. Numa nota divulgada após a visita, a CDU salienta que “o problema da habitação é antigo em Guimarães e o executivo camarário não tem sido competente na forma de encarar a habitação como um problema social, quer seja a crónica falta de habitação pública, quer seja pelos problemas antigos da habitação social da responsabilidade do IHRU”.

© Direitos Reservados

“Isto é já uma questão de saúde pública que o IHRU não resolve apesar das queixas e da visita já feita por responsáveis…”

E cita o exemplo do Bairro da Feijoeira que a CDU visitou neste Domingo. Os moradores explicaram aos candidatos que “há em dois blocos graves problemas com os esgotos, num café é mesmo possível ver a água dos esgotos a sair das paredes e é impossível aguentar o mau cheiro. Isto é já uma questão de saúde pública que o IHRU não resolve apesar das queixas e da visita já feita por responsáveis” – destaca.

Para a CDU e seus candidatos “é inacreditável que estes problemas habitacionais com graves patologias de humidade, nos esgotos, e em todo o edificado continuem a ser ignorados pelo poder central e local, pois, muitos blocos carecem de obras de fundo porque evidenciam problemas na construção”.

A CDU – salienta a nota – “continuará a lutar para que a Câmara exija que o IHRU elabore um programa de obras nas estruturas danificadas, e que se coloque ao lado dos moradores na sua luta contra despejos selvagens, contra aumentos das rendas sem obras e contra a degradação do espaço público. É tempo de cumprir as promessas antigas e actuais. É tempo de se exigir que a habitação em Guimarães tenha garantida condições de salubridade para quem necessita”.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -

Edição Impressa/Digital

Leia também