3.9 C
Guimarães
Segunda-feira, Janeiro 30, 2023

Neno: um campeão humano que gostava de futebol e de música

O ex-guarda-redes do Vitória partiu, de forma silenciosa, cumprindo a sua etapa na Terra, porventura ainda no dia de Portugal…


O Neno era um campeão: da simpatia, da bondade, da simplicidade, da tranquilidade e da solidariedade. Tinha um sorriso que era uma espécie de cartão de cidadão, uma gargalhada enorme que o distinguia. Uma personalidade ímpar marcada por um humanismo que casava com todas as outras qualidades que ostentava enquanto ser humano.

Estes e outros atributos não o deixavam indiferente em Guimarães, uma outra terra que abraçou e, por ela, foi abraçado, primeiro pelo futebol, depois pela música. E por aqui foi ficando, sem que ninguém se preocupasse com a cor da sua pele e a sua origem num Portugal colonial mas também global. Nunca esqueceu – e cantou-o várias vezes – que “eu sou da cidade velha”, a terra onde nasceu lá em Cabo Verde.

© GA!

Neno ajudou a entrelaçar Guimarães e Cabo Verde e a sua terra natal – Ribeira Grande de Santiago, Ilha de Santiago, que, desde 24 de Junho de 2007, se tornaram cidades irmãs, na presidência de António Magalhães.

O ex-guarda-redes do Vitória tinha os seus sonhos e um deles era ser como Júlio Iglésias que adorava e imitava enquanto cantor e artista. E cujas músicas chegou a cantar ao seu jeito.

Como futebolista, Neno foi sempre um vitoriano de antes quebrar do que torcer, um guarda-redes que honrou e prestigiou o Vitória – é um dos heróis da Supertaça de 1988/89 – e daí que tenha prolongado o seu serviço ao Vitória para além de atleta. Passou a ser a sua figura e cartão de visita enquanto relações públicas, sempre dedicado e interessado no futebol.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Leia também