4.3 C
Guimarães
Domingo, Janeiro 29, 2023

Karting: Luís Alves adia quinto título na modalidade e foi 2º

O piloto de Guimarães, Luís Alves, na sua estreia na prova rainha de Karting, foi 2º e adiou a conquista do 5º título na modalidade que perseguiu esta época.


É um piloto jovem, de Guimarães, que se afirma no Karting. Depois de inúmeros títulos em escalões de juvenil e júnior, Luís Alves tentou a sua sorte de ser de novo campeão, em Viana do Castelo. Na quinta e última prova do campeonato nacional de Karting, na categoria X30, Luís Alves lutou sempre até aos últimos metros da corrida por um título nacional.

Luís Alves participa nas competições desta modalidade na equipa do Vitória Sport Clube e depois de ter sido campeão nacional cadete (2015), juvenil (2016 e 2017) e júnior (2019), ficou muito perto de garantir mais um impressionante título no ano de estreia a competir na categoria X30 sénior, considerada a classe-rainha do Campeonato de Portugal de Karting. O jovem piloto de Guimarães lutou pela vitória em Viana do Castelo (2º lugar) e sagrou-se vice-campeão nacional, evidenciando o espírito lutador das gentes de Guimarães ao discutir o título de campeão nacional de Karting na X30 da última corrida de 2020. 

© Direitos Reservados

A verdade é que chegado à quinta e última prova do ano, em Viana do Castelo, no 2º lugar do campeonato, o piloto começou por ser o mais rápido na sessão de treinos cronometrados, no Sábado, para depois terminar a fase das mangas de qualificação no 2º lugar, ganhando pontos à sua concorrência directa. Seguiu-se uma brilhante vitória na pré-final, que deixava tudo em aberto para a final. Luís Alves viria a ser 2º classificado na corrida decisiva, mas como o seu mais directo rival terminou no 5º posto, o jovem vimaranense sagrou-se vice-campeão nacional, a escassos pontos de garantir mais um título para o seu vasto palmarés.

“Fiquei feliz por estar sempre na discussão pelas vitórias e só tenho de agradecer à minha família, à minha equipa KRC e aos nossos patrocinadores…”

“Demos tudo por tudo até ao final”, afirmou o promissor piloto de apenas 14 anos. “Sabíamos que tínhamos de tentar ganhar em Viana do Castelo e esperar que os nossos concorrentes perdessem alguns pontos. Fizemos o que nos competia, num fim de semana muito difícil e imprevisível, com chuva em todas as corridas. Claro que gostava de ter sido campeão nacional – pois seria o quinto título da minha carreira –, mas ser vice-campeão na época de estreia na categoria mais difícil do campeonato português é algo que me deixa contente e ainda mais motivado para o futuro. Foi uma época difícil e muito competitiva, onde havia um grupo de sete ou oito pilotos com andamento para lutar pelo pódio. Fiquei feliz por estar sempre na discussão pelas vitórias e só tenho de agradecer à minha família, à minha equipa KRC e aos nossos patrocinadores, cujo apoio é fundamental para conseguirmos estes resultados”, referiu Luís Alves.

© 2020 Guimarães, agora!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Leia também