6º lugar: reforçado com a classe dos AA’s nos golos do triunfo vitoriano

O Vitória não teve dificuldades em vencer o Moreirense, com dois golos de jovens da “casa”, cujo valor e qualidade se afirma e só precisa de ser ritmada.


Bem, o melhor do jogo, foram, sem dúvida, os golos os AA’s: André Amaro foi perfeito na procura da bola e na execução do remate de cabeça, aos 26’; André Almeida garantiu a tranquilidade com uma remate de fora da área, com estilo, classe e marca europeia, quatro minutos depois.

Se se pode dizer “deixem os miúdos jogar”, também é lícito dizer “deixem o André Almeida rematar mais vezes”, jogando simples e trocando com clarividência a bola à frente da intermediária adversária.

Se o triunfo do Vitória é incontestável já o Moreirense ressentiu-se do jogo com o Porto e não alardeou a agressividade que tanto alimenta a equipa e o seu tipo de futebol.

O derby vimaranense, decorreu assim sob o signo de um Vitória prático, mais solto, e com dois golos que vieram de trás (da defesa e do meio campo), contra um Moreirense apático que nem o domínio ou a posse de bola da 2ª parte podem encobrir, por se tratar de uma reacção mais emocional do que justificada para mudar qualquer coisa.

© LPFP

O Vitória aproveitou bem e controlou o jogo como quis, motivado por dois golos incríveis, de jovens que precisam de jogar mais, para dar à equipa a vitamina necessária para se reinventar quando faltam ainda 12 pontos para disputar.

O Vitória apresentou-se refrescado na defesa, mais uma vez com três centrais – André Amaro, Suliman e Sílvio – mudanças que aliviaram a pressão que se tem abatido sobre o sector recuado do Vitória que viveu um mau bocado nos últimos jogos.

André Amaro declarou à SporTv, de forma contida, a alegria que sentia pelo seu primeiro golo. Mas parco em palavras preferiu que o “sonho” de hoje, seja complementado nos próximos, mais importantes para o lugar que o Vitória quer conquistar.

“Tínhamos de dar uma boa resposta” – disse Bino, também ao canal desportivo português. Admitiu que “os jogadores mereciam ser felizes” e os golos contribuíram para que a equipa fizesse um “jogo seguro”. O triunfo, esse dedicou-o aos jogadores e aos adeptos vitorianos, desejando “dar uma sacudidela” no momento desportivo do Vitória nos quatro jogos que ainda faltam.

Vasco Seabra mostrou-se “desiludido” com a “entrada da sua equipa”. Destacou a eficácia do Vitória como factor importante da definição do vencedor do jogo. Agora, a meta “o jogo a jogo” com 12 pontos ainda para disputar que podem decidir alguma coisa.

Notas de um “sol” que animou o derby:

  • André Amaro e André Almeida fizeram jus às honras que tiveram neste jogo, com dois golos maravilhosos, tecnicamente bem conseguidos;
  • É bom que o Vitória questione porque não se deixa os jovens afirmarem-se no plantel. É que risco por risco mais vale vê-los jogar porque crescem e valorizam-se. Mas isto não pode ser excepção mas uma regra;
  • O Moreirense perdeu-se no D. Afonso Henriques e não encontrou nunca o norte do seu jogo, de marcações em cima, no meio campo e saídas acertadas para o contra-ataque;
  • O jogo foi fácil, pouco competitivo, com uma arbitragem à altura e sem problemas;
  • O resultado para o Vitória pode decidir mesmo o 6º lugar se não perder o élan que este triunfo pode trazer aos jogadores;

O QUE FALTA JOGAR:

Jornada:Jogo:Data:
31Farense – Vitória SC6/ Maio
32Vitória SC – Famalicão12/ Maio
33Marítimo – Vitória SC16/ Maio
34Vitória SC – Benfica19/ Maio

O QUE FALTA JOGAR:

Jornada:Jogo:Data:
31Moreirense FC – Nacional6/ Maio
32Portimonense – Moreirense FC10/ Maio
33Braga – Moreirense FC14/ Maio
34Moreirense FC – Famalicão19/ Maio

O Vitória jogou com: Bruno Varela, Sacko, Suliman, André Amaro (Abdul Mumin 94’), Sílvio, André André (Janvier 79’), Pepelu, Mensah, André Almeida (Quaresma 79’), Rochinha (Rúben Lameiras 58’), Óscar Estupiñán (Bruno Duarte 57’).

O Moreirense jogou com: Pasinato, Ferraresi, Rosic, Adboulaye, Afonso Figueiredo (Conté 64’), D’Alberto (Walterson 45’), Fábio Pacheco, Alex Soares (Filipe Soares 65’), David Simão (Franco 72’), Yan Matheus (André Luís 79’), Rafael Martins.

© VSPORTS

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2,740FansCurti
0SeguidoresSeguir
70SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa / digital

Leia também