13.2 C
Guimarães
Segunda-feira, Abril 22, 2024

CC Vila Flor: Rui Horta e Micro Audio Waves atraem toda a família com música e dança

Economia

Rui Horta e os Micro Audio Waves apresentam, amanhã, no Centro Cultural Vila Flor (CCVF) ‘Glimmer’, um espectáculo audiovisual e performático que volta a juntar o trabalho do coreógrafo com a electrónica pop, rock e experimental da banda.

“A intensidade e capacidade transformadora da dança e da música promete assim revelar-se neste Sábado com ‘Glimmer’, resultado da renovada colaboração entre Rui Horta e os Micro Audio Waves, artistas que, 15 anos depois de ‘Zoetrope’, nos oferecem agora este encontro entre ideias e emoções que convidam para uma viagem que transcende o presente, com uma visão futurista e poética” – ressalta a nota da comunicação do CCVF.

PUB

‘Glimmer’ propõe um futuro onde cabem todos, sem excepção de cor, identidade e género.

Rui Horta convida a bailarina e coreógrafa Gaya de Medeiros para interagir com Cláudia Efe, Flak, Carlos Morgado e Francisco Rebelo num universo futurista, onde os corpos se irão inexoravelmente fusionar entre si e com a natureza, num abraço universal à velocidade da luz. ‘Glimmer’ tem tecnologia, muita tecnologia, mas tem muito mais música, dança e sobretudo poética.

Rui Horta e os Micro Audio Waves voltam a cruzar-se, 15 anos depois de terem apresentado ‘Zoetrope’ gerando um intenso encontro entre ideias, emoções e a construção de futuro, sob um pano de fundo ecológico e fusional, transportado por criadores que nunca abdicaram de pensar nesse mesmo futuro.

Então, o resultado foi surpreendente, uma vez que ‘Zoetrope’ foi obra aplaudida pela crítica e pelo meio, com uma digressão recebida por um público entusiasta.

Agora, nesta viagem para o que desconhecemos e nos transcende, mas que imaginamos bem melhor do que o agora, ‘Glimmer’ coloca-nos perante uma tecnologia tão humanizada que se confunde com a nossa alma, é sobre um computador que caiu de uma bicicleta e continua a funcionar. É sobre os corpos que se irão inexoravelmente fusionar entre si e com a natureza, num abraço universal à velocidade da luz. 

Em ‘Glimmer’ explora-se sobre a forma de música, texto e movimento, articulando com um dispositivo cénico sofisticado mas tecnologicamente humanizado. Com o palco a ser o local onde semeiam pensamento, agarrando o privilégio de criar para poder ter tempo para pensar e partilhar com os outros, numa pretensão de achar uma tecnologia que nos devolva o tempo e o encontro.

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias