19.6 C
Guimarães
Segunda-feira, Junho 24, 2024

Declaração Europeia das Cidades Circulares: medidas de Guimarães destacadas

Economia

Foi recentemente divulgado o relatório internacional sobre as práticas de economia circular das cidades europeias subscritoras da Declaração das Cidades Circulares e Guimarães posiciona-se como uma das cidades em destaque no documento. O Município, à semelhança de outras 40 cidades na Europa, apresentou um relatório que compila as actividades-chave que foram desenvolvidas para apoiar a cidade na transição de uma economia linear para uma economia circular.

Em destaque está a Estratégia de Economia Circular – denominada de RRRCICLO -, que inclui medidas para promover a circularidade e a gestão de resíduos urbanos, contando ainda com um plano de comunicação e educação ambiental que visa sensibilizar para a importância da transição para uma economia circular e para a diminuição da produção de resíduos. O Ecossistema de Governança “Guimarães 2030″ que integra os sectores público e privado, as empresas vimaranenses, a academia e os cidadãos também são alvo de destaque como um instrumento que contribui para o comprometimento da sociedade na missão de alcançar a neutralidade climática até 2030.

📸 Direitos Reservados

A estratégia de biorresíduos de Guimarães – que consiste na recolha de resíduos orgânicos, e iniciativas de compostagem comunitária e doméstica – é outra das acções-chave da cidade. O documento destaca, ainda, Guimarães como a primeira cidade a nível nacional, desde 2016, a implementar o sistema PAYT – pague apenas pelo resíduo que produz.

A ambição do Município em eliminar o uso de plástico também foi destacada na Declaração das Cidades Circulares. Neste ponto, Guimarães tem apostado em estratégias para impedir a entrada de plástico em esferas públicas, incluindo nos mercados locais, e uma das iniciativas passa por oferecer, gratuitamente, sacos reutilizáveis aos cidadãos. O Aqualastic, desenvolvido pelo Laboratório da Paisagem, foi um dos projectos criados para consciencializar os habitantes para as formas de reduzir e prevenir a poluição de plástico, nomeadamente nas linhas de água urbanas, integrando a investigação e a educação ambiental.

Já do lado da sensibilização e do trabalho de proximidade, a publicação destaca o projecto desenvolvido pelo Laboratório da Paisagem, juntamente com a freguesia de Urgezes, na criação de um espaço para a reparação e valorização, como forma de contribuir para a promoção da economia circular.

📸 Direitos Reservados

© 2023 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias