Alberto Martins
Alberto Martins, 41 anos é empresário e licenciado em Gestão. Atualmente é ainda presidente da Junta de Freguesia da Vila de São Torcato desde 2017, tendo já sido tesoureiro desde 2005 até 2017. Trabalhou e colaborou com diversas empresas, de onde se destaca a empresa Coming Future e a empresa JF Economista Internacionais.

Solidariedade em tempos de pandemia

Portugal vive por estes dias, um dos piores momentos da sua grande história, de quase 900 anos. Somos agora uma nação entre a espada e a parede, com números que nos colocam nas piores estatísticas de sempre, em todo o mundo, no que diz respeito à covid-19.

A pandemia por covid-19 veio transformar as nossas vidas, criando graves problemas, quer ao nível da saúde pública, quer ao nível da economia. São tempos de grande provação, onde os sinais de esperança tardam a aparecer e onde a resiliência é fundamental para inverter esta situação.

Neste contexto assistimos no entanto a demonstrações de grande generosidade e solidariedade. Aqui, não posso deixar de mencionar os voluntários Torcatenses que desde a primeira hora se mostraram disponíveis para ajudar quem mais precisava, numa altura em que desconhecíamos ainda a gravidade e as consequências diretas do vírus. Foi possível ir a casa de idosos e doentes crónicos, entregar medicamentos ou as compras do supermercado, reduzindo a este grupo de risco o contacto social e a exposição à doença.

As autarquias locais, Junta de Freguesia e Câmara Municipal a trabalharem em rede e em cada Torcatense uma forte esperança…

A Vila de São Torcato e os Torcatenses são conhecidos, pelo seu bairrismo e generosidade, tendo ficado bem espelhado nas suas ações e mobilizações de apoio social, nesta pandemia. Foi possível vermos, vizinhos a ajudar vizinhos, as associações e instituições da Vila a trabalhar em prol da mitigação do problema, as autarquias locais, Junta de Freguesia e Câmara Municipal a trabalharem em rede e em cada Torcatense uma forte esperança, em dias melhores que nos permitam regressar aos tempos que vivíamos.

Foi possível presenciar momentos de enorme comoção, como o apoio a trabalhadores da construção civil que comiam no chão (devido ao encerramento dos restaurantes), ao reforço de compras no comércio local por forma a diminuir o impacto brutal que vivemos ao nível económico e a cedência de bens e produtos a agregados familiares mais carenciados.

No que diz respeito a apoios, o projeto “Juntar São Torcato”, deu os primeiros passos, disponibilizando a dezenas de famílias, bens adaptativos e geriátricos, como cadeira de rodas, camas articuladas e medidores de tensão. Este projeto irá crescer, tornando-se um “banco de coisas”, como ferramentas, bens de puericultura e até pequenos eletrodomésticos e material informático. O projeto “Juntar São Torcato” terá ainda um alcance mais abrangente, pretendendo-se tornar também numa rede de apoio aos mais afetados pela pandemia, criando sinergias com outros projetos e instituições, na intervenção social e no apoio psicológico.

O direito à vida é o bem mais importante numa democracia, num estado social e de direito e a nossa obrigação, para além da solidariedade e generosidade é contribuir para que esta pandemia passe o mais rapidamente possível, para voltarmos a sentir o cheiro da tília no verão de São Torcato, juntos e com a esperança que vale a pena sempre lutar.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

2 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia senhor Presidente .
    Aprecio a sua iniciativa e o seu empenho de bom senso !
    Noto em si uma menssagem militante , toda a seu favor do posto de presidente que ocupa .
    Esta pandemia , nos esta a impor modos e formas de vida que nimguem imaginava ..
    do meu ponto de vista , esta crise depois do sanitário , nos vaiobtigarc a ir buscar novas energias . Desejo encontra lo e expor a minha vísao . O que era antes Covid .. isso era antes.
    Devemos ambos , toda a gente de bom senso , que tenhem algo preocupação do que será o dia de amanhã , pensando no futuro , no amor do próximo . Como o sabe , e tive ocasião de lhe dizer . São Torcato tem uma carta de visita National e Internacional ..
    Ha por aqui. Um caminho que começa em São Torcato .. o qual , fora de todas as divisões políticas , pode servir de exemplo !
    Eu E o meu Filho Stephane De Freitas ( criador da applicao INDIGO WORLD que promove as Doacies e a entra-ajuda ( ir ao Goegle) , somos ums fortes convencidos das novas economias complementares que são as economias COLABORATIVAS/PARTICIPATIVAS que também tenhem por senso de fraternidade entre os cidadãos , dando segunda vida a objetos não utilizados e serviços sem custos para os mais dane-nesesitados .. que com esta crise . Vai ter impactos sobre todas as classes sociais. Indigo tem tamben uma forte convicção e visão sobre o futuro e a Ecologia !
    Qual freguesia melhor Que são Torcato tem melhor Embeixada que a a sua ..,a qual o senhor preside , com muito empenho !
    E da nossa parte .. Teria muito Prazer de lhe apresentar o meu filho Stephane , o qual está em contacto , com órgãos gouvernementais , no âmbito de ativar Índigo em Portugal !
    Em Guimarães nasceu Portugal
    Somos vimaranenses
    Em Guimarães desejemos ver nascer Infigo
    No qual o Berco pode ser São Torcato!
    Fico esperando do seu returno . Obrigado e parabéms
    Comprimentos
    António Freitas .
    Tel 910626238
    00351 610749093

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2,753FansCurti
0SeguidoresSeguir
70SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa

Leia também