EB 2,3 de S. Torcato: reabilitação e requalificação já tem projecto concluído

A escola EB 2,3 de S. Torcato vai sofrer uma mudança na sua imagem e funcionalidade, suprindo algumas falhas notórias no dia a dia escolar ao nível do seu conforto e funcionalidade.


As imagens do projecto são “lindas”, seja qual for o ângulo de visão. A intervenção vai tornar mais confortável o espaço interior do átrio porque fica coberto e mais amplo, ao nível do 1º andar e com uma cratera aberta, redonda, por onde saem árvores. A solução arquitectónica da cobertura segue a teoria do parque de estacionamento de Camões no que toca aos enfeites da cobertura.

Visualmente, do que se conhece do projecto, a solução permite um novo olhar, mais verde, com um percurso mais aberto e largo, por onde circulam alunos, professores e funcionários no seu dia a dia escolar.

O agrado sobre o projecto concebido pelo arquitecto Filipe Vilas Boas, é geral, da Câmara Municipal e da comunidade escolar e associação de pais, dos autarcas das freguesias servidas pela escola e até da Direcção Geral dos Equipamentos Escolares (DGEST).

© Município Guimarães

Para o presidente da Câmara, a preocupação agora é concretizar a obra, neste período de início de ano, depois de ultrapassadas as questões com a definição do projecto e da área de intervenção da reabilitação e requalificação de uma escola que ameaçava chocar em áreas tão sensíveis como a segurança e conforto da comunidade escolar.

Tanto quanto se sabe, a reabilitação tem um programa de reorganização funcional e uma ampliação da própria escola, capaz de proporcionar outras condições ao nível do conforto, revendo e colmatando o que eram as ameaças mais visíveis, desde o estado das paredes e a sua deterioração em termos de conforto. A perspectiva da requalificação enquadrou também soluções para os problemas da própria sustentabilidade ambiental, a incorporação de energias renováveis nas fontes de aquecimento e utilização da energia, com optimização de custos ao nível da manutenção e do seu viver diário.

O projecto garante comodidade, ideia que agradou a Domingos Bragança, tal como a segurança e conforto térmico, e elevará o patamar da Escola, já trintona, em termos de construção, para níveis modernos de bem-estar, o que salvaguarda conforto, rendimento e bem-estar de quem ali trabalha e estuda.

Os espaços exteriores, ficarão sujeitos a algumas intervenções, na área de jardins e aparcamento, tal como na entrada principal que diminuirá a capacidade de estacionamento para ganhar mais em imagem e funcionalidade na sua frontaria principal.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2,234FansCurti
0SeguidoresSeguir
70SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa

- publicidade -

Leia também

Vitória: um triunfo com inspiração de Quaresma

Foi um triunfo fácil, com golos bonitos, numa exi...

Vitória: jogadores aptos para o jogo com o Nacional

O Vitória tenta repor ordem no seu calendário com...

Hospital: radiologia de intervenção melhora serviço

Os tratamentos de doentes oncológicos, em tempos ...