1.6 C
Guimarães
Sexta-feira, Fevereiro 3, 2023

Desemprego: nova baixa em serena estabilidade laboral

Os desempregados são hoje menos do que em Dezembro de 2020. E o número registado em Abril é o mais baixo de 2021.


Os desempregados são 6563. Os números de Abril, hoje, divulgados pelo IEFP mostram uma serena estabilidade ainda em período de pandemia. E são os mais baixos de 2021, o que confirma uma estabilidade, em baixa, no mercado laboral de Guimarães.

Se em relação ao número, as oscilações são para melhor, já no que toca ao género a tendência mantém um número de mulheres maior do que homens, em situação de desemprego.

Por tempo de inscrição no IEFP pode registar-se um equilíbrio: os inscritos há mais de um ano são mais do que os inscritos até um ano, o que revela como se acentua o desemprego nos trabalhadores há mais tempo afastados de um exercício activo da sua profissão.

NÚMERO DE DESEMPREGOS: 6563

MENOS 94 PESSOAS EM RELAÇÃO AO MÊS DE MARÇO

Tende a ser estável, também, o número de pessoas que procuram o 1º emprego (357) mas enorme os que procuram uma nova ocupação (6206).

No que toca à idade dos desempregados, há estabilidade no escalão de + de 55 anos repete-se com 2473 (número igual ao de Março). Porém, 57,5% dos desempregados atinge os cidadãos entre 25 e 54 anos, um factor verdadeiramente impactante nas suas carreiras contributivas, tendo em conta a idade de reforma.

© infografia: GA!

Relativamente ao grau de escolaridade dos desempregados, nota-se que em quatro escalões, do 1º ciclo ao secundário estão todos acima dos 1135 casos, ou seja há mais de 4540 trabalhadores com estas habilitações. Os que possuem o ensino superior são 751 à espera de uma oportunidade de emprego. E são 239 os que têm uma escolaridade inferior ao 1º ciclo do ensino básico.

As estatísticas evidenciam ainda que foram adicionados mais 84 novos desempregados, cinco trabalhadores optaram pela criação do próprio emprego e empresa, que 37 pessoas se despediram e 31 chegaram a acordo com a entidade patronal para cessão do contrato de trabalho.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Leia também