Hospital: inovação em cardiologia já permite implantar pacemaker mais pequeno

O dispositivo tem o tamanho de uma cápsula e é implantado de forma minimamente invasiva, substituindo os pacemaker’s tradicionais. Até agora, este procedimento era exclusivo do Hospital de Santa Cruz (Lisboa) e do S. João (Porto).


O Serviço de Cardiologia do Hospital da Senhora da Oliveira em Guimarães implantou, pela primeira vez, o pacemaker mais pequeno do mundo com sincronia aurículo-ventricular (AV). O dispositivo é indicado para o tratamento de doentes com bloqueio aurículo-ventricular (BAV) de alto-grau, uma condição na qual os sinais eléctricos entre as câmaras do coração (as aurículas e os ventrículos) ficam bloqueados. Desta situação podem resultar, entre outros, síncope ou morte súbita.

Actualmente os doentes com bloqueio AV são tratados com um pacemaker, implantado na parte superior do peito, subcutaneamente, a que são ligados pequenos fios eléctricos (eléctrodos) que são colocados, através das veias, dentro do coração, permitindo, assim, que a ligação eléctrica entre as aurículas e os ventrículos seja restabelecida.

© GA!

Este novo pacemaker, o mais pequeno do mundo, não necessita dos eléctrodos, sendo colocado directamente dentro do ventrículo direito, através de um pequeno acesso pela veia femoral direita. Não há, assim, a tradicional cicatriz cirúrgica, sendo ainda reduzido de um modo muito significativo, os riscos associados à técnica tradicional: infecção, avaria dos eléctrodos e outros.

Apesar de todo o contexto da pandemia covid, tem sido possível ao Hospital da Senhora da Oliveira manter a sua estratégia de aposta na inovação tecnológica e tratar os doentes com este tipo de problemas em tempo útil. O Serviço de Cardiologia não tem lista de espera para a implantação de dispositivos cardíacos para o tratamento de arritmias, tendo, mesmo, aumentado a sua actividade durante o ano de 2020.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2,753FansCurti
0SeguidoresSeguir
70SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa / digital

Leia também