Vitória-Belenenses de nível clássico

Um Vitória-Belenenses, no início da Liga NOS, da época de 2020/21, também, é um clássico do futebol português. E um jogo nostálgico entre duas equipas que inauguraram o então denominado Estádio Municipal de Guimarães.

Os dois clubes vão-se encontrar para disputar o 136º jogo entre si, na competição maior do futebol português, na Sexta-feira, 18 de Setembro.

Será o 149º jogo nas competições oficiais – campeonato, Taça de Portugal e Taça da Liga – um duelo que se joga em Guimarães, no estádio D. Afonso Henriques.

No confronto geral, o Belenenses leva a melhor, graças aos resultados da década de 60, no campeonato português. No total de todos os jogos de todas as competições, ganhou em 64 jogos, perdeu 47 e empatou 37. Na liga portuguesa, o Belenenses soma 61 vitórias, 39 derrotas e 36 empates.

Na Taça de Portugal, em 10 jogos realizados, o Vitória ganhou sete e perdeu três. Na Taça da Liga, regista-se um empate e uma derrota (do Belenenses).

Na frieza dos números, dos jogos disputados entre as duas equipas, ainda ressalta, uma final da Taça de Portugal, na época 41/42, em que o Vitória saiu derrotado por 2-0.

É todo este histórico que, doravante, o Vitória tem de começar a inverter no seu confronto com a equipa azul.

© Direitos Reservados

No passado mais recente, em 11 de Junho, deste ano, regista-se o empate (1-1 com golo de João Carlos Teixeira) no Estádio Nacional, entre as duas equipas para a Liga NOS que acabou atribulada pela pandemia da COVID-19.

Ao fim do jogo da primeira volta, do campeonato da época anterior, o Vitória registava, nos jogos em casa, um ascendente que os vitorianos esperam que seja mantido: 38 vitórias, 19 empates e 18 derrotas, com 115 golos marcados e 80 sofridos.

Olhando ainda para o histórico entre Vitória e Belenenses, em jogos disputados em Guimarães, registam-se os expressivos triunfos por 4-0 (1980/81) e 5-1 (2018/19).

O resultado mais típico, entre as duas equipas, ao longo desta competição tem sido o 1-0 – registado em 12 jogos em casa e, também, de 1-0 registado em 14 jogos fora.

Os dois clubes encontraram-se, pela primeira vez, no campeonato, na época de 41/42. O Vitória ganhou no Restelo por 1-0 e perdeu em casa por 2-4. Nessa altura, o Vitória começava o seu percurso histórico, no futebol nacional; o Belenenses já tinha disputado sete campeonatos, desde 34/35.

Noutros tempos, o Belenenses impunha o seu poderio e na época de 42/43 chegou a ganhar ao Vitória, por 12-0, no Restelo. Igual desaire volumoso, registou-se na época 59/60 por 5-2, ainda em Lisboa.

A realidade, destes dois clubes, é, hoje, diferente, sobretudo por uma transformação em SAD do Belenenses que resultou num distanciamento entre clube (e associados) com a administração da sociedade, entretanto, criada e depois desfeita.

Curiosidades:

  1. N’Dinga é o jogador com mais jogos na Liga/campeonato: 285.
  2. Tito ostenta o título de jogador com mais golos marcados: 86.
  3. O Vitória tem agora como presenças na prova: 76.
  4. O melhor lugar no campeonato continua a ser o .
  5. As maiores goleadas infligidas aos adversários (Boavista e Torrense) 8-0.
  6. Até agora o Vitória disputou um curioso número de jogos: 2222.
  7. O número de triunfos é de 863.
  8. O número de empates é de 530.
  9. E o número de derrotas é de 829.
  10. Tiago e Petit, ambos ex-jogadores de futebol, vão encontrar-se pela primeira vez como treinadores de equipas diferentes.
  11. A última vez que o Belenenses ganhou em Guimarães foi em 2014/15 (1-0).
  12. Mitos a abater: o de não ganhar na 1ª jornada, foi assim nas duas épocas anteriores.

© 2020 Guimarães, agora!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também