8.8 C
Guimarães
Terça-feira, Fevereiro 7, 2023

Paço dos Duques: sim, já sou digital

A história do monumento está agora disponível no seu telemóvel nas quatro línguas mais faladas do mundo.


É um dos efeitos positivos da pandemia. A aceleração da digitalização e o modo como utilizamos a tecnologia em vez do papel, levou a que “as folhas de sala” entregues aos visitantes durante a sua visita ao interior dos monumentos, estejam agora impressas no seu telemóvel.

Para além do Português, a história do monumento pode ler-se ainda em Inglês, Espanhol e Francês, o que significa abranger um universo vasto de visitantes.

“A pandemia tornou os museus cada vez mais digitais”, titula uma nota da direcção do Paço dos Duques em que dá conta destas alterações positivas e fáceis de acesso à sua história.

© Direitos Reservados

O antigo modelo de informação usado no percurso da exposição permanente, deixou de ser utilizado por imposição da Direcção Geral de Saúde, deixando temporariamente os espaços museológicos limitados na divulgação da informação ou mesmo privados dela. 

Atendendo às contingências provocadas pela covid-19 e pelas limitações que esta situação está a provocar, os museus sentiram a necessidade de se reinventar.

O Paço dos Duques desenvolveu, entretanto, uma aplicação móvel, acessível através de QRCode, deixando toda a informação sobre as salas do percurso expositivo e as peças expostas nos telemóveis.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Leia também