Canto Lírico: concertos por vielas, travessas, povoados e largos da outra cidade

A ASMAV promove um festival que leva a música clássica e seus famosos autores pela parte de uma outra cidade, de Guimarães, que tende a revelar-se mas que precisa de ser conhecida.


Se ouvir Ave Maria, de “Caccini”, interpretada pela solista Miká Nunes no túnel sob a Avenida D. Afonso Henriques;  ou Die Forelle, de Franz Schubert, cantado por Isabel Soares, em plena rua do Moutinho, por certo se encontrará com dois dos 19 concertos do Festival de Canto Lírico que Guimarães acolhe.

A iniciativa que já vai na 3ª edição é da ASMAV – Associação Artística Vimaranense que apresenta este festival a 18 e 19 de Setembro.

Como sublinhou Eva Machado, a presidente da direcção da associação, a ASMAV “não é uma empresa ou uma indústria cultural de promoção de espectáculos e de eventos”

© Direitos Reservados

Certamente que “as suas acções inserem-se numa lógica estritamente associativa, comunitária, educacional e cívica, de carácter voluntário onde estão sempre presentes o rigor, a qualidade estética e cultural” e nos quais se envolvem os seus associados.

O festival do Canto Lírico oferecerá em lugares improváveis, da parte mais baixa da cidade que envolve a zona de Couros e a rua D. João I, partes de obras musicais cujos autores são nomes bem conhecidos da música clássica. 

E mostrará a beleza e a força da ópera, interpretada por vários artistas que actuarão a solo e com acompanhamento instrumental mínimo.

Da zona de Couros até à rua D. João I, sempre por partes de uma cidade que não distando mais de cem metros do Toural não é vulgarmente apropriada e apreciada pelos cidadãos, a não ser por alguns dos seus moradores.

Porventura, este chamamento através do canto lírico ao gozo e à fruição de uma zona que corre para a classificação de património da humanidade, mostrará a outra face da cidade, com a atracção de 19 mini-concertos como menu interessante desta aliança entre património histórico e música clássica.

Dois concertos, ambos no Centro Cultural Vila Flor, engrossarão o programa deste festival com dois espectáculos de qualidade, um pela Orquestra do Norte e outro pela Companhia de Ópera de Setúbal.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -

Edição Impressa/Digital

Leia também