Santa Maria de Atães: inauguração da Capela Mortuária Padre Domingos Oliveira

A União de Freguesias de Atães e Rendufe inaugurou uma Capela Mortuária, localizada junto à Igreja, no início da tarde do passado Domingo, dia 20.


Na cerimónia de inauguração oficial da capela, que foi baptizada com o nome do pároco de Atães, Domingos Oliveira, esteve presente o presidente da Câmara, Domingos Bragança, acompanhado da vereadora das Obras Municipais, Sofia Ferreira. Segundo o presidente da união de freguesias, Patrício Araújo, esta obra “foi muito desejada”.

“Quando há cooperação e todos dão as mãos, as coisas acontecem”.

A tarde de inauguração teve início com uma eucaristia presidida pelo bispo auxiliar de Braga, D. Nuno Almeida, em representação do Arcebispo de Braga, D. José Cordeiro, seguindo-se a bênção da Capela Mortuária e as intervenções protocolares. D. Nuno Almeida classificou a inauguração como “importante”, e uma bonita homenagem que a comunidade faz ao pároco Domingos Oliveira. “Quando há cooperação e todos dão as mãos, as coisas acontecem. Este é um local muito especial”, expressou.

Patrício Araújo explicou que a atribuição do nome do padre à capela foi “uma decisão unânime da assembleia de freguesia, como reconhecimento do trabalho de proximidade e da dedicação do pároco”. Domingos Oliveira, com emoção, agradeceu o carinho de todos e disse ser “uma enorme responsabilidade ver o seu nome na capela”, o que fará com que “nunca deixe de comungar as amarguras e as lágrimas” dos que por ali vão passar.

O presidente da Câmara reiterou, também, o tributo ao pároco: “Através desta inauguração, reconhecemos o valor e expressamos a nossa gratidão para com o padre Domingos Oliveira. Esta é uma homenagem que a comunidade lhe presta. Obrigado pelo seu trabalho”.

Domingos Bragança justificou, ainda, o apoio total no investimento agora inaugurado com “o forte sentimento de pertença e identidade que este tipo de espaços confere aos locais e à comunidade”, dizendo que “têm que ter as condições dignas e necessárias para uma reunião tão sentida, na hora de prestar a última homenagem a quem parte”.

“Sem presidentes de junta empenhados, o presidente da Câmara não consegue fazer tudo”.

O edil terminou a intervenção referindo o trabalho de Patrício Araújo para que a obra fosse concretizada: “Sem presidentes de junta empenhados, o presidente da Câmara não consegue fazer tudo”.

📸 Direitos Reservados

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também